24.2 C
Vitória
quinta-feira, 2 abril, 2020

Filipinas: Conselho Nacional de Igrejas terrorista?

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Morre Aurélio Rocha, autor da música “Primeiro Amor”

O pastor Aurélio Ricardo Ramos da Rocha, aos 62 anos, ficou conhecido por ser compositor da música Primeiro Amor, famosa canção gospel, que foi regravada por vários artistas gospel no Brasil

Atlético-MG corta 25% do valor dos salários dos jogadores

O Atlético-MG anunciou a redução de 25% do valor dos salários de jogadores, comissão técnica e diretoria por causa dapandemia do coronavírus

Jogos Pan-Americanos Masters Rio 2020 são adiados

O Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos Rio Masters 2020 e a Associação Internacional de Jogos Masters (IMGA) adiaram o evento por causa da Covid-19

Brasil tem 201 mortes e mais de 5 mil casos de covid-19

Ministros atualizam dados em coletiva no Palácio do Planalto. Saiba mais! 

O Conselho Nacional de Igrejas do país foi incluído na lista de “organizações de frente de grupos terroristas comunistas locais”

Uma decisão tomada pelo governo das Filipinas colocou em alerta um grupo de igrejas evangélicas do país, pertencente ao Conselho Nacional de Igrejas (NCCP) , após o Departamento de Defesa Nacional (DND) do país incluir a entidade na lista de “organizações de frente de grupos terroristas comunistas locais”.

A informação foi comunicada pelo major-general Reuben Basiao, vice-chefe de gabinete de inteligência das Forças Armadas das Filipinas, em 5 de novembro. Em nota, o Conselho de Igrejas pediu ao governo filipino uma revisão da decisão, a qual a entidade disse ser incompatível com o trabalho do grupo.

Os membros do Conselho chamaram de “inclusão infundada o seu nome na lista. E pede respeitosamente ao governo que reveja e revise seriamente as acusações e se envolva na construção da paz”.

O bispo Rex Reyes, na Igreja Episcopal das Filipinas, declarou que a inclusão do Conselho de Igrejas na lista de grupos terroristas é uma decisão “maliciosa” do governo, afastando a ideia de que os membros praticaram qualquer ato ilícito contra o país ou direitos humanos.

“Os esforços pioneiros do NCCP por paz e justiça neste país também são um livro aberto. Tenho orgulho de dizer que, entre os conselhos das igrejas em todo o mundo, o NCCP ainda é considerado uma formação ecumênica vibrante, duradoura, líder e reconhecida”, declarou Reyes.

Prática de crime

Uma vez que o Conselho de Igrejas é classificado como grupo terrorista, os membros podem ser autuados pela prática, acusados de crime contra o Estado e outras violações, tendo suas liberdades ameaçadas até por discordâncias no âmbito político-administrativo.

“Reconhecemos a clara ameaça que agora é apresentada aos funcionários do NCCP, igrejas membros, membros associados e outros parceiros ecumênicos”, disseram eles em uma carta”, segundo o Evangelical Focus.

O bispo Reyes insinuou que a decisão do governo filipino pode ser uma forma de retaliação pelo fato dos membros do Conselho de Igrejas se posicionarem contra os casos de corrupção no país.

“Não há nada errado quando os cristãos apontam que há tanta corrupção… o que está errado, se não totalmente subversivo, é quando uma mentalidade que mata, persegue e xinga suprime aqueles que defendem dissidência e ativismo de princípios”, destacou o bispo em seu comunicado.

“Deve-se saber como a dissidência e o ativismo de princípios tornaram este mundo mais pacífico e justo. O que é certo é defender os direitos humanos, a justiça e a paz. Estou do lado do NCCP”, disse ele, segundo a Anglican News.

*Com informações de Anglican News e Evangelical Focus 


leia mais

Cristãos lutam para sobreviver nas Filipinas

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Festival Música em Casa durante quarentena

Iniciativa da Universal Music, o "Festival Música em Casa" segue na segunda semana de apresentação. Nessa semana participam os cantores Israel Salazar, Renascer Praise...

Gospel Challenge: o desafio do melhor clipe! Aberta votação

Projeto inédito realizado pela Sony Music, o Gospel Challenge, que vai até 24 de abril, traz vários desafios para os cantores. Público também pode escolher o melhor clipe por votação. Saiba como!

“Superação” é o 10º álbum de carreira de Damares

"Superação" é o primeiro projeto musical no formato digital de Damares. Novo álbum terá 12 faixas. E já está disponível nas plataformas de streaming

Programas on-line para mentoreamento de homens e mulheres

Ministérios vão transmitir série de lives com objetivo de fortalecer as famílias e oferecer aos pastores, líderes e cônjuges ferramentas para o cuidado intencional, discipulado e mentoreamento