30.2 C
Vitória
quarta-feira, 2 dezembro 2020

Consciência negra: Um dia de resistência e esperança

Leia também

Pazuello diz que propostas de vacinas são ‘pífias’

Ministro afirmou que o Brasil pode ter 300 milhões de doses em 2021, sendo cerca de 100 milhões entregues pela AstraZeneca

USP lança teste rápido de covid-19 pela saliva

Um dos grandes desafios dos pesquisadores foi padronizar o teste, ou seja, criar soluções químicas que mantivessem o coronavírus estável

O Tribunal de Justiça do Rio escolheu seu novo presidente

Henrique Figueira, que foi deputado estadual no Rio e ocupou secretaria na prefeitura durante a gestão Cesar Maia (PFL, hoje DEM)

Pensar o Dia da Consciência Negra é ter um tempo de reflexão sobre as nossas ações em relação a luta para que haja igualdade no Brasil. E a justiça racial é uma tarefa da igreja


Os cristãos geralmente se preocupam com as coisas que são dos céus. Essa, afinal, é uma das orientações bíblicas (Colossenses 3). Entretanto, não podemos cuidar das coisas dos céus sem que estejamos atentos ás coisas que ferem o corpo, que destroem a estima, que matam sonhos, que esmagam futuros de pessoas só por causa da cor da pele.

Não podemos deixar de ouvir as palavras de Jesus que mostra que os que são seus servos se preocupam com aqueles que são excluídos como os aqueles que não têm o que comer ou vestir, onde morar. Ou que estão presos ou os que são solitários em terras estrangeiras. (Mateus 24). Notamos, então, que precisamos estar olhando para o céu, cuidado dos que estão na terra.

A justiça racial é uma tarefa da igreja. Como cristãos devemos ter em mente que precisamos ser sal e luz buscando a justiça e a reparação histórica para que os valores do Reino de Deus sejam uma realidade.

Em 1930, o presidente Getúlio Vargas criou o que se chama ideologia do branqueamento que tem como objetivo misturar a raça branca com a negra para que os negros possam desaparecer. Nesta época a igreja evangélica estava chegando.

Em algumas denominações, seus missionários trouxeram escravos. Outras favoreciam à escravidão e seus pastores tinham seus escravos em casa. Estavam preocupados com as coisas dos céus, mas não notavam o mal que estavam fazendo aos corpos das pessoas produzindo dores que dilaceravam suas peles, sentimentos e espíritos.

A escravidão acabou? Essa pergunta é difícil de responder se você olhar a sociedade brasileira distante dos seus privilégios. Quando lemos a vida a partir de nossas vantagens, nossas possibilidades e oportunidades individuais, talvez, não consigamos responder com total isenção. Mas, quando olhamos a sociedade no Brasil a partir dos que mais sofrem temos outro quadro.

Após a abolição, ainda vemos a maioria dos negros sofrendo o descaso em várias esferas da sociedade. Dos jovens que são assassinados ou executados pelos policiais, 75% são negros. A população em situação de rua é maioria, negra, que também é a minoria nas universidades e maioria nos presídios. As crianças negras são as que mais sofrem violência ou estão no trabalho escravo. E as mulheres negras são as maiores vítimas de feminicídio. Mas Deus é justo e não suporta a injustiça e a desigualdade.

Pensar o Dia da Consciência Negra é ter um tempo de reflexão sobre as nossas ações em relação a luta para que haja igualdade no Brasil. É também fazer uma profunda análise dentro de nós para vermos se somos ou não racistas. O racismo é coisa que cresce cada vez mais nos corações e atitudes de pessoas brancas, sejam cristãs ou não.
A esperança é gerada pelo Dia da Consciência Negra.

Quando juntos como irmãs e irmãs, negros e brancos, nos reunimos e clamamos ao Senhor que nos use para sermos instrumentos da construção de um mundo sem desigualdades com justiça racial de reparação aqueles que mais sofreram e sofrem, há o mover do Espírito Santo entre nós. Quando a igreja do Senhor cumpre a sua missão profética denunciando o racismo e suas consequências o Reino de Deus se estabelece.

Quando líderes reconhecem o pecado do racismo neles mesmos e na igreja com a sua omissão, há manifestação real de perdão de Deus e de benção vindas do Pai das luzes que não há forma alguma de variação. (Tiago 1:17). Então, podemos também dizer que o Dia da Consciência Negra é um dia de esperança de melhores dias brancos e negros e, sobretudo, para os servos do Senhor.

Marco Davi de Oliveira Coordenador do Movimento Negro Evangelico. Pastor da Nossa Igreja Brasileira- Igreja Batista. Teólogo, historiador e Ciências da Religião


LEIA MAIS

A relação do protestantismo e a escravidão no Brasil 
Como a igreja pode combater o racismo
Cristãos se unem para combater o preconceito dentro das igrejas 

Matéria anterior Amizade forjada no amor de Deus
Próxima MatériaAbrigo na chuva
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Supremo volta a julgar se injúria racial é crime imprescritível

O caso foi pautado a pedido do relator, ministro Edson Fachin, que observou a 'acentuada repercussão social' do julgamento

Homem negro é espancado e morto por segurança

Agora, a polícia vai analisar as imagens de câmeras de segurança e de testemunhas e vai colher depoimentos

49 declaração racistas foram feitas por autoridades do País

"A imunidade seria para outro fim, mas as autoridades a usam para proferir suas práticas de racismo", comentou Givania Maria da Silva

Procurador federal vê crime em frase de Bolsonaro

Para a sigla, Bolsonaro tem apresentado 'de maneira reiterada e persistente uma postura abertamente homofóbica'

A igreja deve se posicionar sobre as eleições?

Anônimo A Igreja Adventista reconhece as obrigações do exercício da cidadania, mas não possui e nem mantém partidos políticos, não se filia a eles, tampouco...

O batismo nas águas é indispensável à salvação?

Pergunta anônima Batismo nas águas, segundo as escrituras, é uma ordenança do Senhor Jesus: “Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em...

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

3 palavrinhas é indicado ao premio Gerando Salvação

Na categoria “Projeto Infantil”, o 3 palavrinhas, que é considerado o maior canal infantil gospel do mundo, concorre ao lado de Aline Barros e outras estrelas do segmento. Saiba mais!

Saiba mais sobre o cristianismo em alguns livros

No Dia do Evangélico Comunhão selecionou 10 livros para estudar e conhecer mais sobre o cristianismo. Saiba mais!

Funkeira Ludmilla no gospel?

Em live no Instagram, nesta quinta (26), a funkeira Ludmilla falou do desejo de apostar na carreira gospel e afirmou ter "recebido um chamado" para levar a palavra de Deus aos fãs. Saiba mais!

“40 Dias – O Milagre Da Vida” nas plataformas de streaming

Filme foi lançado no dia 15 de outubro, em mais de 200 salas em todo o Brasil. E agora será possível assistir em casa, pelo seu aplicativo. Saiba mais!