back to top
27.9 C
Vitória
domingo, 23 junho 2024

Confira 8 dicas de voluntariado para igreja

O trabalho voluntário é a expressão máxima de amor ao próximo. Foto: Freepik

No voluntariado, cada um contribui na medida de suas possibilidades e com o tempo livre de que dispõe, realizando e participando de diversas ações

Por Cristiano Stefenoni

O trabalho voluntário é a expressão máxima de amor ao próximo. E a ordem dada por Jesus não deixa dúvidas quanto a isso: “O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” (João 15:12). Porém, essa prática está bem longe de ser sistemática. Apenas 34% dos brasileiros atuam de alguma forma no voluntariado sendo que, desse total, cerca de 65% o fazem sem frequência definida, segundo dados da Pesquisa Voluntariado no Brasil 2021. Mas qual a importância desse tipo de ação para a igreja?

Para o pastor e evangelista, Paulo Prazeres, ajudar o próximo é um dever da igreja e de cada membro individualmente, visto que, a exemplo de Cristo, devemos nos doar assim como Ele o fez. “Precisamos fazer o bem sem olhar a quem. Cristo na cruz do calvário doou seu sangue por nós, para a remissão dos nossos pecados para sermos salvos. Deus nos deu a Sua vida e nós devemos doar a nossa para o próximo”, ressalta.

No voluntariado, cada um contribui na medida de suas possibilidades e com o tempo livre de que dispõe, realizando ações individuais, participando de campanhas, juntando-se a grupos comunitários, trabalhando em organizações sociais, participando de projetos públicos, sendo voluntário em escolas, etc. Abaixo, Comunhão preparou algumas dicas que poderão ajudar você e a sua igreja nessa missão:

- Continua após a publicidade -

8 dicas para o voluntariado na igreja

1 – Projetos da igreja
O primeiro passo para se envolver em projetos humanitários e sociais é ser voluntário nas ações desenvolvidas pela igreja. A maioria delas realiza trabalhos incríveis como os de doação de roupas e alimentos, entrega de sopas e marmitas aos moradores de rua, visitas a hospitais, asilos, orfanatos, comunidades carentes e presídios, entre outras importantes ações.

2 – Atitude é tudo
Não espere ser convidado para uma ação social. Tenha a iniciativa de ser voluntário, ofereça ajuda. Nenhuma teoria bíblica de amor ao próximo substitui a experiência, na prática, de ir pessoalmente até o local ajudar alguém. É impossível ir a essas ações e voltar do mesmo jeito. Seu coração volta mais leve, cheio de paz e alegria. Faça o teste e comprove.

3 – Ação própria
Você também não precisa esperar tudo da igreja. Há muito o que se fazer de forma particular, individual, como por exemplo, visitar um asilo ou hospital. A alegria desses internos quando recebem visitas e orações é indescritível. Se você é tímido, leve alguém para te acompanhar. Mas procure se informar antes sobre as regras do local que pretende visitar para não chegar lá e perder a viagem.

4 – Amar sem questionar
Quando Cristo nos orientou a ajudar o próximo, Ele não pediu para interrogarmos a pessoa se ela toma cachaça ou usa drogas. Ele disse para ajudar, ponto. É claro que é necessário o bom senso para que os recursos não sejam utilizados de maneira errada por aqueles que estão em condições de rua. Mas daí ignorá-los, jamais. Quando possível, ajude-os.

5 – Campanhas locais e nacionais
O cristão também pode ajudar em campanhas locais e nacionais, que geralmente, acontecem em situações de catástrofes naturais, acidentes, pandemias, missões, entre outros. Veja como pode ajudar, seja com mão de obra ou doando algo. Também é possível fazer doações online para órgãos de ajuda humanitária. Mas antes, certifique-se de que se trata de uma agência séria, verifique o seu tempo de existência e se os recursos são utilizados para o propósito pedido.

6 – Use os seus dons e talentos
Você é médico, advogado, dentista, jornalista, cabelereiro, enfermeiro, cozinheiro? Qual a sua profissão? Acha realmente que Deus lhe deu dons e talentos apenas para ganhar dinheiro? É fundamental utilizarmos o nosso conhecimento para ajudar outras pessoas e cada um deve fazer essa reflexão.

7 – Faça parcerias
Outra dica é organizar, juntamente com a igreja e a prefeitura, um dia de ações sociais, onde poderão ser oferecidos serviços gratuitos à população, como aferir a pressão arterial, medir a glicose, cortar cabelo, tirar dúvidas jurídicas, fazer currículos, oferecer lanche, entretenimento para as crianças, enfim, as possibilidades são muitas.

8 – Use as redes sociais para ajudar
A tecnologia é uma poderosa ferramenta para ajudar ao próximo. Sempre que possível, ajude a divulgar campanhas de doação de sangue, de agasalho, de cestas básicas, ações sociais da igreja, enfim, se envolva naquilo que Cristo pediu que fizesse, mesmo que de forma digital.

O voluntariado na Bíblia:

Jesus é o exemplo máximo de voluntariado
“Pois nem mesmo o Filho do Homem veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos”. Marcos 10:45

Ser voluntário é uma ordem de Cristo
“Deixei para vocês um exemplo de como devem servir e cuidar dos fracos. Pois devemos sempre valorizar as palavras de nosso Senhor Jesus, que ensinou: ‘Dar traz uma bênção muito maior do que receber’”. Atos 20:35

Fazer o bem aos outros alegra o coração de Deus
“Ele responderá: ‘Em verdade vos digo que tudo o que deixastes de fazer a um destes pequeninos, a mim também não o fizestes’”. Mateus 25:45

Deus honra a quem ajuda os necessitados
“Quem é bondoso para com os pobres empresta ao Senhor, e ele os recompensará pelo que fizeram”. Provérbios 19:17

Se você pode ajudar de alguma forma, é seu dever fazê-lo
“Não negue o bem àqueles a quem é devido quando está em seu poder agir”. Provérbios 3:27

É preciso ajudar sem esperar nada em troca
“Não olhando para seus próprios interesses, mas cada um de vocês para os interesses dos outros”. Filipenses 2: 4

Cristão de verdade põe o amor ao próximo em prática
“Amados filhos, nosso amor não pode ser uma teoria abstrata da qual apenas falamos, mas um modo de vida demonstrado por meio de nossas ações amorosas”. 1 João 3:18

Quem possui boas condições financeiras tem o dever de ajudar
“Manda aos ricos deste mundo que não sejam arrogantes nem ponham a sua esperança na riqueza, que é tão incerta, mas que ponham a sua esperança em Deus, que tudo nos dá ricamente para o nosso desfrute. Ordene-lhes que façam o bem, sejam ricos em boas ações e generosos e dispostos a compartilhar. Dessa forma, eles acumularão tesouros para si mesmos, como uma base sólida para a era vindoura, para que possam se apoderar da vida que é verdadeiramente vida”. 1 Timóteo 6: 17-19

Nessa vida, todos precisam da ajuda um do outro
“Carreguem os fardos uns dos outros e, assim, cumprirão a lei de Cristo”. Gálatas 6:2

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -