Pastor Koh: Conclusões do inquérito só em abril

Família do pastor Koh pede orações para que as recomendações do inquérito sejam aplicadas pelo governo da Malásia. Ele está desparecido há mais de dois anos

A Comissão de Direitos Humanos da Malásia (Suhakam) anunciou que vai divulgar suas conclusões sobre o sequestro do pastor Raymond Koh no dia 3 de abril.

A informação foi dada pela esposa de Koh, Susana Koh. O líder está desaparecido há mais de dois anos na Malásia. As conclusões do inquérito vão incluir recomendações para os próximos passos a serem adotados pelo governo da Malásia.

Susana também informou que até hoje o novo governo da Malásia não entrou em contato com a família para dar informações sobre o caso. A Missão Portas Abertas desenvolve uma campanha de “advocacy” sobre o caso, pressionando as autoridades para cumprirem seu papel de investigação e solução para o caso.

Família do Pastor Raymond Koh. Foto: Reprodução

A esposa de Raymond enviou pedidos de oração. “Ela pede que oremos pela família e para que o governo da Malásia se envolva na resolução do caso.

Una-se a ela em oração para que as recomendações da Suhakam sejam fortes e verdadeiras, lançando luz sobre o que está escondido.

Clame também para que o governo da Malásia responda e aja segundo as recomendações”, diz o comunicado no site da instituição.

*Com informações de Portas Abertas


Leia mais

Pastor Raymond Koh está há mais de um ano desaparecido
“Deus sabe e está no controle de tudo”, diz Susanna Koh

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!