26.9 C
Vitória
domingo, 28 novembro 2021

Como superar crises com os filhos?

“Um filho precisa entender que a família dele não vai julga-lo pelos erros, mas vai abraça-los no momento de angústia”

Por Marlon Max

Com as constantes mudanças no mundo, está cada vez mais difícil criar os filhos com uma educação que dê a eles uma experiência genuína com as práticas cristãs. O pastor Josué Gonçalves diz que são muitas as queixas dos pais que afirmam não conseguir manter um diálogo aberto e honesto com os filhos, sobretudo na adolescência.

Frequentemente, os filhos passam por crises. É nesse momento que a família precisa estar unida e ter a confiança dos filhos para ajudá-los a superar a fase ruim. “Me lembro que uma vez, minha filha se apaixonou por um rapaz que era usuário de drogas. Imagina como fica a cabeça de um pai, como eu, que trabalha no Brasil inteiro ajudando famílias. Foi um momento muito difícil para todos”, compartilhou.

Diante disso, o pastor volta a perguntar: “como os pais podem ajudar os seus filhos a enfrentar as crises?” De acordo com o pastor, a parábola do filho pródigo, em Lucas 15, deixou lições importantes para esse momento. “A primeira coisa é ouvir o filho com o coração e deixá-lo expressar o dele”, explica.

Pastor Josué Gonçalves na abertura da 15° Expo Cristã (Foto: Expo Cristã)
Foto: Expo Cristã

Gonçalves ressalta que ouvir é uma atitude que parece ser simples, mas durante a crise, muitas vezes, é quase impossível. “Temos que abandonar a ideia de que somos nós que iremos convencer nossos filhos das atitudes erradas, ao invés, devemos adotar uma postura de não-julgamento e de oração.”

Ouvir um filho no tempo de crise é ter empatia. Saber diferenciar o filho do momento que ele está é entender a particularidade de cada filho. “Em casa, cada um dos filhos têm uma singularidade, e só com empatia podemos ouvi-los com honestidade e sem egoísmo. Nossa preocupação está em compreender e não responder”, ressalta.

A outra dica do pastor Gonçalves é sobre a importância de demonstrar afeto. “Os seus filhos quando saem de casa, para escola, trabalho ou até para um passeio eles precisam ter duas certezas”: eles pertencem a uma família e essa família tem um amor profundo por eles. Ou seja, eles estarão seguros quanto a sua identidade e pertencimento.

Uma família saudável, de acordo com o pastor Josué Gonçalves, é aquele onde as crises são enfrentadas em conjunto. Ninguém fica isolado, os erros são perdoados e há espaço para a redenção e atuação de Deus.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se