25.5 C
Vitória
terça-feira, 25 janeiro 2022

Como a Palavra de Deus chegou até nós

Mais Artigos

Nos últimos tempos, Deus nos falou por meio do seu Filho. Jesus Cristo é a mensagem de Deus

Por Erní Walter Seibert

Muitos estudiosos falam que uma das características da religião cristã é que ela é a religião de um livro, a Bíblia Sagrada. De fato, ter um livro como sua única referência de fé é algo muito característico dos cristãos. Existem muitas outras religiões no mundo. Algumas até tem textos escritos que lhe servem como referência. Mas alguns não podem ser traduzidos, ou não existe uma tradução autorizada. A ligação entre a literatura e a fé não é a mesma que a Bíblia e a fé cristã.

Um Deus que fala

Uma das características do Deus cristão é que ele fala. Em Gênesis 1, aprendemos que Deus falou e ele criou o mundo. Deus disse e tudo se fez. Mas essa não é a única menção às falas de Deus na Bíblia. Em Gênesis 15, Deus falou a Abrão numa visão e lhe fez promessas. Em Êxodo 3.1-12, Deus falou com Moisés no meio de um espinheiro. Em 1Reis 19.9-18, Deus falou por meio de uma brisa, um sussurro calmo e suave. Assim, ao longo de todo o Antigo Testamento é possível ver que Deus fala com e por meio de seus profetas, como em Jeremias 1.1-10 e 1Samuel 3.1-18. Quando Deus fala, as pessoas entendem a sua mensagem. Ela é inteligível. Ele se faz entender nas línguas dos humanos.

Se fôssemos usar termos modernos, poderíamos dizer que Deus se comunica. Ele é o emissor e as pessoas são as receptoras de sua mensagem. No capítulo 1 do Evangelho de João, vemos que a Palavra de Deus se fez carne e habitou entre nós. Jesus Cristo é a Palavra que se fez carne. Jesus não apenas falou, mas ele é a própria mensagem. O que ele fez é a mensagem mais poderosa que existe. Sua vida, sua paixão, morte e ressurreição são o resumo das Escrituras. Em Hebreus 1.1-2, diz exatamente isso. Nos últimos tempos, Deus nos falou por meio do seu Filho. Jesus Cristo é a mensagem de Deus.

A Palavra de Deus ficou registrada na Bíblia Sagrada. Por isso ela é chamada de Palavra de Deus pelos cristãos. A Bíblia Sagrada é a referência dos cristãos para a sua fé e vida. E essa Palavra continua a ser difundida.

A difusão da Palavra de Deus

A Palavra de Deus pode ser difundida de forma oral ou escrita. No começo, a difusão da Palavra de Deus foi feita mais de forma oral. Durante séculos, ou a Palavra de Deus era ouvida em leituras, ou era falada de uma pessoa a outra de forma oral. Havia poucas cópias da Bíblia Sagrada. As cópias existentes eram feitas a mão, por copistas. Apenas com a vinda da imprensa de Gutenberg, já no século XVI, as cópias da Bíblia foram feitas com maior rapidez. E hoje temos essas cópias aos milhões graças ao desenvolvimento da imprensa. Mas a difusão oral da Bíblia não parou. Possivelmente, a maioria dos cristãos, antes de lerem a Bíblia, ouviram o seu conteúdo de alguém. A transmissão oral da Bíblia continua até os nossos dias.

A tecnologia desenvolvida no último século permitiu novos avanços na difusão da Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus. Primeiro foi o rádio, depois a TV, e nos últimos tempos a internet. Hoje, graças aos meios digitais, a Palavra de Deus continua a ser difundida poderosamente em todo o mundo. Podemos ler e ouvir a Palavra de Deus em rádios, televisões, computadores, tablets e celulares. A Palavra está, dessa forma, ao alcance de todos, em todas as situações.

No segundo domingo de dezembro, celebramos mais um Dia da Bíblia no Brasil. É tempo de agradecer a Deus pela sua Palavra. É tempo de celebrar porque Deus continua falando conosco. É tempo de ouvir a Palavra de Deus.

A SBB

Desde 1948, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) tem a missão de “semear a Palavra que transforma vidas”. Trata-se de uma organização beneficente, sem fins lucrativos, assistencial, educativa e cultural. Sua finalidade é divulgar a Bíblia e a sua mensagem, tornando-a relevante para todas as pessoas. Para isso, traduz, produz e distribui a Bíblia — além de incentivar sua leitura e estudo — e desenvolve programas sociais que atendem a populações em situação de risco e vulnerabilidade social.

Erní Walter Seibert é diretor executivo da Sociedade Bíblica do Brasil (CEO), professor e Pastor luterano.

- Publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Entrevistas