23.8 C
Vitória
segunda-feira, 6 dezembro 2021

Corpo Humano: “é necessário parar de espiritualizar todas as coisas”, diz Teólogo

Para entender como atua a espiritualidade no corpo das pessoas, e qual impacto ela tem na saúde dos indivíduos, a Comunhão conversou com o Teólogo, Psicanalista e Pastor Fábio Tristão, que trouxe apontamentos da sua vivência prática no dia a dia com uma comunidade de fé.

Por Marlon Max

Umas pesquisas realizadas por um grupo multidisciplinar no Brasil têm investigado o quanto a espiritualidade do paciente auxilia na cura de doenças físicas e psíquicas. A iniciativa é da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), o Instituto de Psiquiatria (IPq) da USP, por meio do Programa de Saúde, Espiritualidade e Religiosidade (Proser), e a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com o Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (Nupes).

Pastor Fábio Tristão
Fábio Tristão é Teólogo, Psicanalista e Pastor da Igreja Batista Betel, na Serra – ES

A investigação do grupo está estudando até que ponto complicações de saúde no corpo podem ser agravadas a partir de sentimentos ruins ou de pensamentos destrutivos. O estudo, entretanto, não foca necessariamente na religião dos pacientes, mas na concepção de que cada ser, a priori, é possui um espírito.

Para o teólogo, psicanalista e pastor Fábio Tristão, o espírito não pode ser confundido com a alma no corpo humano. Segundo o especialista, há uma distinção entre as duas partes do ser humano, e os benefícios da espiritualidade é percebido diretamente no corpo humano.

“Na minha atual experiência, diria que 85% dos atendimentos que faço como pastor, são queixas de feridas na alma e não problemas espirituais”, relata Tristão. Comunhão conversou sobre o assunto para entender como a espiritualidade atua em benefício do corpo.

Comunhão – Como se explica objetivamente a atuação do espírito no corpo humano?

Fábio Tristão – É necessário entender que o ser humano é divido em 3 partes: corpo, alma e espirito (tricotomia) que é a configuração tripartite do ser humano. Cada parte tem sua função. O corpo físico é o meio pelo qual o homem entra em contato com o mundo material, dando-lhe a consciência do mundo. A alma fornece ao homem o intelecto, que o faz entender o mundo, e as emoções, que complementam as faculdades dos cinco sentidos; ela constitui o ‘’eu’’ do homem e representa sua personalidade ou autoconsciência. O espírito é o intermédio da comunicação entre o homem e a divindade que o criou. Sendo assim, o espírito atua na nossa necessidade transcendental. Em toda a história da humanidade e em todo o tempo, o homem busca por um algo transcendental e essa busca é a atuação do espirito. Na esfera do espírito, tudo se realiza através da fé. O espirito é configurado para trazer consciência, propósito, sentido da vida e valores. Enquanto o corpo e alma vão em busca da autopreservação da vida, sobrevivência, relação social, o espírito vai em busca de cumprir um propósito da existência. O espírito é guiado por uma força interior, que busca acessar as características com o divino.

Sabemos que toda religião trata de alguma forma do espírito; mas de que forma o cristianismo utiliza a espiritualidade para benefício dos fiéis?

O cristianismo se baseia pela fé em Jesus Cristo. Na carta de hebreus 11:1 diz que a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. (NVI). A partir deste entendimento vivemos uma vida em busca de aperfeiçoamento espiritual. Quanto mais conhecemos de Jesus e nos aproximamos Dele através da nossa vida espiritual, mais benefícios tanto físicos quanto mentais colheremos. A Bíblia nos ensina isso como o caminho da santidade. Viver uma vida de santidade no espírito, sem dúvida traz benefícios para os fiéis seguidores de Cristo e estes benefícios vão muito além de bênçãos materiais, físicas ou emocionais, são bênçãos de uma esperança vindoura que é a volta de Jesus, onde receberemos corpos glorificados e perfeitos para vivermos a eternidade com Cristo.

Qual a diferença entre alma, espírito e corpo? Muitas pessoas se queixam de angústias. Isso pode ser tratado no espírito?

O corpo é ligado diretamente nas nossas necessidades fisiológicas, enquanto a alma que no grego é (psyché) de onde se originou a palavra psicologia, é a sede da mente, das emoções, das vontades, dos sentidos. Biblicamente podemos ver essa separação em diversas passagens, como também podemos afirmar que Deus tem interesse no bem de nosso corpo, alma e espirito. Em 3 João 1:2 diz: Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma. De igual modo encontramos em 1 Ts 5:23 E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

Há uma ideia no senso comum de que quando uma pessoa está angustiada, ela tem alguma desarmonia na sua vida.

É necessário parar de espiritualizar todas as coisas e entender que angústias, depressão, síndrome do pânico entre outras queixas, são enfermidades da alma, necessitam de atenção médica. É claro que nós cremos no poder sobrenatural da cura em Jesus, mas o fato de uma pessoa que enfrenta um câncer e recebe uma oração e não é curada, não significa que ela está com problemas espirituais como estar possuída por demônios, por exemplo. Da mesma forma uma pessoa que está enfrentando uma angústia, ou uma depressão não necessariamente será tratada de forma espiritual, ainda que existam alguns casos. Na minha atual experiência, diria que 85% dos atendimentos que faço como pastor, são queixas de feridas na alma e não problemas espirituais.

Consequentemente essas feridas na alma, acabam criando diversos problemas psicossomáticos atacando então o corpo, principalmente com enfermidades como úlcera, dores de cabeças, dores no corpo, insônia entre outros. Na Bíblia temos exemplo de homens que provavelmente experimentaram depressão como por exemplo o profeta Elias (ver 1 Rs 19) e jamais foram interpretados por problemas espirituais.

Você, como especialista, já viu pessoas sendo beneficiadas no corpo através de ações no espírito?

Sim. Tanto já vi, como também eu mesmo já vivenciei benefícios da cura através da fé. A caminhada de santidade espiritual é sempre recheada de benefícios e milagres físicos e emocionais.

Em Pv 18:14 diz: O espirito firme sustem o home na sua doença, mas o espirito abatido quem o pode suportar?

Paulo também nos ensina sobre os frutos do espirito em Galatas 5:22 Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Sem sombra de duvida eu posso afirmar que todas as pessoas que de fato buscam uma vida de santidade em Jesus, são beneficiadas durante a caminhada com esses frutos.

Como explicar os benefícios da espiritualidade no corpo para uma pessoa sem fé cristã?

Independente de uma pessoa possuir uma fé cristã, estudos já comprovam a existência física no nosso cérebro do que podemos chamar de ponto espiritual. O Ph.D Djalma Pinho cita em seu livro INTELIGÊNCIA ESPIRITUAL, que as áreas no córtex pré-frontal denominadas Brodmann 9 e 10 são muito importantes, pois é nessa região que se encontram os sonhos, os propósitos, bem como as estratégias, a confiança e a fé. Isso significa que tudo aquilo que acontece em sua vida que é contrário aos seus sonhos gera um conflito nessa área, entretanto, se nessa região os seus atributos espirituais estiverem fortes, o seu cérebro dará sinais para que a ação não ocorra.

Sendo assim, a espiritualidade traz coerência cada vez maior com o propósito de vida e os sonhos, e isso caminhando bem, o seu corpo vai espelhar isso combatendo as enfermidades psicossomáticas. Pessoas espirituais desenvolvem uma conduta ética de valores superiores.

Livro em Breve

Segundo o Pastor Fábio Tristão, em breve será lançado seu Livro “Metamorphoo – O poder da mente transfigurada”, no qual ele aprofunda a temática da espiritualidade, fé e outros assuntos no campo da psicanálise.

SERVIÇO

Para conversar com o entrevistado escreva para [email protected]

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se