Comitiva de pastores do Brasil, recepcionada em Israel

Comitiva de pastores do Brasil em israel (Foto: Reprodução)
Comitiva de pastores do Brasil em israel (Foto: Reprodução)

A viagem organizada pelo ministério americano Eagles Wings em parceria com o ministério Dunamis do Brasil, conta com 30 pastores na comitiva

Uma comitiva com 30 pastores do Brasil que mais influenciam jovens nas redes sociais, está em Israel. A princípio, a viagem foi organizada pelo ministério americano Eagles Wings em parceria com o ministério Dunamis do Brasil.

O objetivo da viagem é encorajar a geração mais jovem a se envolver com Israel. Entretanto, a viagem não é um turismo religioso pois tem como finalidade promover uma interação entre os dois países. Segundo Teófilo Hayashi, líder do movimento Dunamis, a viagem é um divisor de águas.

Teófilo afirmou que “Muitos estão perguntando o que é essa viagem. A resposta de maneira bem simples é: uma viagem com a nova geração de líderes evangélicos para conhecermos a Terra Santa de uma maneira única”, escreveu em uma postagem do instagram.

Além disso o líder descreveu o momento “ímpar” que a comitiva está vivenciando. “Ore por nós enquanto recebemos de Deus o coração dEle por essa terra e pelos laços de união que se formam nessa viagem e que tenham certeza que afetarão a nossa nação!”, finalizou.

ENCONTRO DIPLOMÁTICO

Nessa quarta-feira (03), a comitiva foi recebida pelo embaixador do Brasil em Israel. Segundo o pastor Nelson Júnior, líder do movimento Eu Escolhi Esperar,  e que está na comitiva é “uma honra” estar representando os “pastores capixabas”, em Israel.

Além disso, a comitiva foi recebida pelo Ministro das Relações Exteriores de Israel. À primeira vista os pastores estão otimistas com a proximidade do Brasil com a nação. Logo depois, os pastores também foram recebidos pela vice-prefeita de Jerusalém.

Segundo Nelson Júnior, a prefeita mostrou como é estar a frente de uma das cidades mais complexas do mundo, e como é administrar uma cidade com as três maiores religiões do planeta.

BRASIL E ISRAEL

Como revelou a matéria da Comunhão, onde o embaixador israelense no Brasil Yossi Shelley no ano passado se reuniu para estreitar laços com o presidente Jair Bolsonaro. Dori Goren, cônsul de Israel em São Paulo e na região sul do Brasil, afirmou sobre a aproximação na época.

Dori afirmou “temos uma expectativa muito positiva em relação ao próximo presidente, Jair Bolsonaro. Ele sempre deu demonstrações de que sua relação com Israel é muito boa, e a conversa que teve com o primeiro-ministro, da qual participou o embaixador israelense no Brasil, Yossi Shelley, só veio comprovar isso neste momento”, disse.


LEIA MAIS

O encontro de Bolsonaro com Netanyahu