Combate ao mosquito e contemplação de pedreira

Em meio às visitas a diversos bairros realizadas nos últimos dias em Vitória, o prefeito, Luciano Rezende, resolveu comtemplar a beleza da pedreira que está localizada na rodovia Serafim Derenzi.

“Uma pedreira, água, área enorme, e lindíssima, com grande potencial entre São Pedro (Resistência) e Maruípe”, ressaltou.

As visitas estão sendo realizadas na companhia da secretária municipal de Saúde, Daysi Behning, para realizar os trabalhos de combate ao mosquito transmissor do vírus Zika, da dengue e chikungunya, o Aedes aegypti.

Vitória contabiliza 782 casos notificados de Zika e 4.821 de dengue. Ainda não foram registrados casos de chikungunya na capital. Os principais criadouros do Aedes aegypti são: vasos de planta e pratinhos; depósitos de água para consumo humano; pneus, câmaras de ar, entulhos e sucatas deixados a céu aberto; calhas, ralos e floreiras de cemitérios; e, em menor proporção, depósitos naturais, como bromélias, oco de árvores e buracos em rochas.

Como o mosquito da dengue tem hábitos domésticos e se prolifera, na maioria das vezes, dentro das residências, os moradores também podem ajudar a prevenir a dengue. Basta adotar hábitos dentro de casa, como desentupir as calhas, tampar caixas d’água, telar ralos e secar os vasinhos de plantas.

Clique aqui para imprimir o check list e fazer a vistoria em casa.