22.1 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto 2022

Tempestades causam 29 mortes na Itália

Enchente no Centro de Veneza marcou 156 centímetros de altura. Foto: Reprodução/GettyImages

O país registra vários pontos de alagamentos, desmoronamentos e queda de árvores. Voos foram cancelados em todo o país, e há vários aeroportos fechados. As aulas também foram suspensas.

Há mais de uma semana, diversas regiões na Itália têm sido castigadas por tempestades que causaram destruição em várias cidades e deixou 29 mortos até o momento. As chuvas e ventos fortes vêm golpeando a Itália resultam em milhões de árvores, aldeias e estradas isoladas.

Segundo o primeiro-ministro Giuseppe Conte, uma reunião deverá ser realizada nos próximos dias para decretar estado de emergência nas regiões mais afetadas para que o governo providencie recursos para as intervenções necessárias.

“Os ventos e as chuvas causaram vítimas e severos danos. O balanço já era trágico nos dias anteriores: 17 mortos, famílias evacuada e territórios inteiros destruídos. As chuvas das últimas horas, especialmente na Sicília, aumentaram este balanço trágico: 12 novas mortes e um desaparecido”, publico Conte em seu perfil no Facebook.

O Departamento de Proteção Civil da Itália informou que seis regiões permanecem em alerta laranja pelas chuvas: Vêneto, Friuli-Venezia Giulia e Emilia-Romagna, no norte, e Calábria, Sicília e Sardenha, no Sul.

*Com informações da Agência EFE.

galeria de fotos

Fotos: Reprodução/GettyImages

leia mais

Rio transborda e deixa 11 mortos na Itália
Vídeo mostra momento da queda de viaduto na Itália

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se