Chuva no ES até a próxima sexta-feira

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a chuva que começou na tarde desta terça-feira poderá se estender até a próxima sexta (22).

O meteorologista do Incaper, Ivaniel Fôro Maia, afirma que nesta quarta-feira, a instabilidade marítima persiste sobre o Espírito Santo. Chove em vários momentos no leste do Estado, incluindo o leste serrano e a maior parte da região Sul. O sol pouco aparece nestas áreas e a chuva pode ser significativa em alguns pontos. Nas demais regiões capixabas, sol fraco e chuvas rápidas da tarde para a noite. As temperaturas variam entre 14 °C e 23 °C na região serrana e vão de 14 °C a 29 °C nas demais regiões.

Já a quinta-feira será de chuva em vários momentos no leste do Estado, incluindo o leste serrano e a maior parte da região Sul. O sol pouco aparece nestas áreas. Nas demais regiões capixabas, sol fraco e chuvas rápidas da tarde para a noite. As temperaturas variam entre 15 °C e 22 °C na região serrana e vão de 14 °C a 29 °C nas demais regiões.

Segundo a meteorologia, a sexta-feira terá chuvas rápidas em alguns momentos no leste do Espírito Santo, incluindo o leste serrano e a maior parte da região Sul. O sol aparece entre muitas nuvens. Nas demais regiões capixabas, sol fraco e chuvas rápidas da tarde para a noite. As temperaturas variam entre 14 °C e 23 °C na região serrana e entre 14 °C e 29 °C nas demais regiões.

De acordo com o chefe da assessoria de comunicação da Defesa Civil Estadual, coronel Adeílton Pavani, os municípios devem ficar em alerta por conta das áreas de risco.

“Até o momento, não há problemas. Somente um terreno situado na Avenida Maruípe, próximo ao bairro Santa Cecília, cedeu. Os municípios precisam ficar atentos quanto ao risco de desabamentos. Em caso de situação de perigo iminente, recomenda-se entrar em contato com os órgãos de Defesa Civil, para que tomem as medidas adequadas, visando minimizar os impactos causados por essas condições meteorológicas adversas. A população pode entrar em contato com a Defesa Civil de suas cidades”, explicou.

Em caso de emergência, ligue para o 199.