23.6 C
Vitória
segunda-feira, 17 maio 2021

Escolas dominicais são proibidas em província da China

A iniciativa tem como finalidade conter avanço do cristianismo.

Oficiais do Partido Comunista em Zhejiang, uma província da China, ordenaram a proibição de escolas dominicais e que não fosse permitida a presença de crianças em programações infantis, como as Escolas Bíblicas de Férias.

A decisão foi recebida de forma negativa por ativistas cristãos e missionários. “Há um bom tempo, adolescentes e estudantes não têm permissão para participar de atividades bíblicas”, contou o cristão Zhang à China Aid.

De acordo com o The Gospel Herald, a única igreja oficial do governo, a Igreja das Três Autonomias, além das congregações domésticas clandestinas vão continuar fazendo eventos de férias.

“O governo está tentando controlar a religião. Durante os tempos do presidente chinês Jiang Zemin e Hu Jintao, o governo era tolerante com relação à pregação do Evangelho e o trabalho missionário. Depois que Xi Jinping entrou no poder, a repressão sobre as religiões se fortaleceu”, disse Zhang.

A Portas Abertas afirma que a China está na 39ª posição entre os países mais difíceis para viver a fé cristã. O governo acredita que o aumento gradativo de cristãos seja perigoso para a estabilidade do poder.

Em uma entrevista dada a CBN em 2016, o pesquisador Sean Elgut, disse que a fé cristã está numa onda de crescimento no país e agora influencia até a procura de escolas cristãs para estudantes.

“Os pais chineses começam a perceber que a educação cristã está além dos livros didáticos. Os pais querem que seus filhos vivam a fé. Eles nos imploram para ensiná-los sobre Jesus”, afirmou.

“O tempo é importante. Queremos passar mais tempo com eles, assim como Jesus fez com seus discípulos. Ele investiu tempo com eles e os ensinou”, acrescentou.

“Eu acredito que isso não é apenas sobre educação. É mais sobre saber que Deus está se movendo para esta nação, funcionários do governo chinês saberem que a educação cristã poderia oferecer mais do que apenas conhecimento”, disse Maria Elgut, esposa de Sean.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se