31.9 C
Vitória
domingo, 28 novembro 2021

Chicoteado por beber vinho na santa ceia

É o segundo caso em um mês que um cristão é chicoteado por beber vinho no Irã. Em outubro, um ex-muçulmano que se converteu ao evangelho foi punido

Um mês depois de um cristão ter sido chicoteado 80 vezes por beber vinho durante a santa ceia, no Irã, outro seguidor de Jesus recebeu a mesma punição. No país, é ilegal que os iranianos muçulmanos consumam álcool, mas são abertas exceções para minorias religiosas, incluindo os cristãos.

No entanto, o Irã proíbe os ex-muçulmanos de se tornarem cristãos.  Por isso, enxergam o ato como uma contravenção da lei. O Irã está em 9° lugar na Lista Mundial da Perseguição 2020. A pressão aos cristãos permanece em um nível extremo em todas as esferas da vida.

Zaman Fadaei (conhecido como Saheb) foi preso em Rasht, em maio de 2016, juntamente com o pastor Yousef Nadarkhani, sua esposa, Fatemeh Pasandideh, Mohammad Ali (Yaser) Mosayebzadeh e Mohammad Reza (Youhan) Omidi.

Em setembro do mesmo ano, Saheb, Yaser e Youhan foram condenados a 80 chicotadas cada um por beber vinho durante a comunhão.

Punição

Em junho de 2017, Saheb, Yaser, Youhan e o pastor Yousef Nadarkani receberam sentenças de 10 anos de prisão por “agirem contra a segurança nacional através da propagação de igrejas domésticas e da promoção do cristianismo”.

Eles começaram a cumprir as penas em 2018. Em maio de 2020, as sentenças passaram por revisão e foram reduzidas. As penas de Saheb e Yousef caíram para seis anos e a de Youhan para dois anos. A situação de Yaser é desconhecida.

Saheb recebeu a punição de 80 chicotadas no último domingo, 15 de novembro. Segundo a página no Twitter do Departamento de Estado dos Estados Unidos, o país discorda da punição. “Condenamos essas punições injustas e exortamos o Irã a permitir a todos os iranianos a liberdade de praticar suas crenças”.

*Com informações de Portas Abertas

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se