20.8 C
Vitória
sábado, 4 julho, 2020

Disciplinas espirituais em tempos de pandemia!

Mais lidas

Flexibilização do isolamento pode ter levado 1,1 milhão de volta ao trabalho

Segundo a Pnad Covid, pesquisa divulgada pelo IBGE, de 7 a 13 de junho, a taxa de desemprego no País estava em 12,4%, ante 11,8% na semana anterior

Bolsonaro sanciona lei que torna obrigatório o uso de máscara

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Saiba mais! 

Desigualdades e baixo aprendizado são os maiores desafios na educação

Relatório do Inep aponta desafios para cumprir metas do PNE. Saiba mais! 

Bolsonaro escolhe Renato Feder como novo ministro da Educação

A expectativa é que o anúncio seja feito ainda nesta sexta-feira (3). Saiba mais!

Mesmo em meio a dúvidas e preocupações com a pandemia do coronavírus, uma certeza permanece: nosso Deus continua trabalhando!

Disciplinas espirituais são importantes o tempo todo, mas precisamos ser lembrados disso em tempos difíceis. No entanto, são circunstâncias como essa que nos lembram que precisamos nos apoiar em Deus em momentos como esses.

O coronavírus forneceu muita incerteza agora. Andar com Cristo na prática de disciplinas espirituais, como oração, jejum, adoração e serviço, ajuda os crentes em todas as estações, inclusive em épocas de certeza.

Os seguidores de Cristo são freqüentemente chamados de discípulos no Novo Testamento. Os termos disciplina e discipulado vêm da mesma raiz, certo? Uma pessoa pode ser disciplinada e não ser um discípulo de Jesus. Entretanto, alguém pode ser um discípulo de Jesus e ser indisciplinado?

O coronavírus oferece à comunidade cristã uma oportunidade e um inventário. Fornece lugares onde podemos servir ao Senhor e a outros, e testará a profundidade de nosso discipulado. Vamos nos render ao medo, ou confiaremos no Senhor e serviremos aos outros? Existem três disciplinas para nos ajudar a viver vidas piedosas neste tempo particularmente tenso. Confira!

Leitura da Bíblia 

Em meio a um mar de notícias falsas, como discernimos a verdade e evitamos exagerar nas informações que queremos e precisamos?

Precisamos voltar repetidamente à Palavra de Deus para reorientar nossa visão de mundo. Precisamos estar cientes da melhor sabedoria sobre o coronavírus e ser sábios em nossa resposta pessoal e como igrejas locais.

Com as Escrituras buscamos esperança e sabedoria. Como um carro desalinhado, se formos descuidados com as informações que consumimos, inevitavelmente acabaremos sendo levados pela preocupação.

A leitura da Bíblia mantêm o olhar no caminho que o Senhor colocou diante de nós. E também nos ajuda a puxar as correntes para nos mantermos sintonizados com ele. Não temos tanta probabilidade de colocar nossa segurança em nossas circunstâncias, quando somos lembrados diariamente que nossa segurança está em um Deus que é soberano e confiável.

Oração 

Antes de ler a atualização de notícias, ore. Antes de postar nas mídias sociais, ou antes de responder às pressas, ore. Paulo tinha motivos para se preocupar ao sentar-se encarcerado enquanto escrevia a Epístola aos Filipenses. Em Filipenses 4: 6-7, ele lembrou aos leitores:

“Não se preocupe com nada, mas em tudo pela oração e súplica com ação de graças deixe que seus pedidos sejam conhecidos por Deus. E a paz de Deus, que ultrapassa todo entendimento, guardará seus corações e suas mentes em Cristo Jesus”.

Estudos mostram que as pessoas que começam o dia escrevendo pelo menos três coisas pelas quais são gratas mostram um notável declínio na ansiedade. Quanto mais para os crentes que começam o dia em oração de gratidão a Deus.

As escrituras nos dizem muitas vezes onde a oração foi feita antes que o compromisso com o mundo acontecesse: Neemias antes de falar com o rei (Ne 1: 4-11); Paulo pediu oração por uma porta futura para o evangelho (Colossenses 4: 3-4); e Jesus, antes da cruz, orou a seu Pai (Lucas 22: 41-44).

Jejum 

O jejum é o menos praticado nas disciplinas. Vivemos um tempo em que lutamos para distinguir entre o que realmente precisamos e o que queremos.

Agora temos uma pandemia à nossa frente. Nos dias passados, os agricultores de fome em uma comunidade se reuniam para jejuar e orar por suas colheitas. Pode ser uma prática útil para os crentes jejuarem para uma refeição (ou mais) e levarem algum tempo orando a respeito do coronavírus.

O jejum traz essa realidade à tona, pois voluntariamente e em oração nos abstivemos do próprio alimento que nos dá vida para sermos lembrados de que nossa necessidade final é do Senhor.

Disciplinas Espirituais 

Enfrentamos incerteza de curto prazo com o vírus em nosso meio; podemos recorrer a essas práticas para nos lembrar que a certeza permanece: nosso Deus está aqui, ele não está calado e está trabalhando. Talvez seja um bom momento para cada um de nós fazer uma pausa, reorientar nossas mentes na Palavra, refletir mais na oração e resistir às reações bruscas por períodos de jejum.

Podemos achar que nossas vidas estão se tornando melhores no meio dos tempos sombrios, e podemos causar um impacto melhor em nosso mundo do que imaginávamos.

*Da Redação, com informações de Christianity Today

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Juliano Son canta “Nada mudou”, do EP Tudo Novo

Canção é o quinto e último single do projeto musical Tudo Novo, de Juliano Son

Kemuel e o fenômeno da música “Algo Novo”

Com quase cinco milhões de vies no Youtube, "Algo Novo", tem impactado a vida de muita gente e diversos testemunhos de cura 

“Quando o sol se põe” estreia dia 22, na Netflix

Filme é uma boa opção para todas as pessoas, independente da religião. Entre os atores de “Quando o Sol se Põe” estão a cantora Priscilla Alcantara, Lu Alone, Filipe Lancaster e Lito Atalaia

Denzel Washington e seu encontro sobrenatural com o Espírito Santo

O ator é bem conhecido por interpretar o papel de Malcolm X - um filme biográfico relacionado às atuais tensões raciais nos Estados Unidos e o Livro de Eli