20 C
Vitória
sexta-feira, 23 abril 2021

“Peço perdão a todos”, declara Cassiane após clipe polêmico

Após ser criticada por romantizar violência doméstica em clipe, cantora Cassiane se redime. Em uma mensagem no instagram ela escreveu: “Eu e a MK, com humildade, pedimos perdão”

A cantora Cassiane lançou na última semana o clipe “A Voz“. A trama trata de uma mulher que sofre agressão do marido, mas tudo o que ela faz é orar e esperar o que não deu mude. Porém, artista foi acusada de romantizar a violência doméstica. E recebeu várias críticas.

O clipe, onde a mulher só pedia a Deus para mudar, tem quase 100 mil dislikes, muito mais que os 16 mil likes. Neste domingo, 19, a cantora se manifestou sobre o polêmico clipe. “Peço perdão a todos”, escreveu no Instagram.

A confusão começou depois que internautas reclamaram do enredo do vídeo, que mostra a história de uma mulher que sofre violência doméstica, abandona o companheiro, mas escreve um bilhete afirmando que o perdoa. Todos aparecem felizes no final e nenhum policial é visto nas cenas.

Pronunciamento de Cassiane

Com repercussão negativa, houve uma atitude da gravadora e da cantora. Foi publicada uma nova versão do vídeo editada, onde a mulher faz uma denúncia ao 180 e chega a ser preso. No final, o poder de Deus “cura” esse mal.

O novo clipe (assista aqui), com as alterações feitas, está mais equilibrado. Tem 9,5 mil negativos e 11 mil positivos. A artista também usou sua conta no instagram para se pronunciar contra a agressão doméstica.

“Sou totalmente a favor da denúncia! Quem acompanha a minha história, saberia que eu apoio a denúncia de qualquer tipo de crime! A Bíblia é meu manual de Fé: Deus é Amor mas é Fogo consumidor! Eu sou serva verdadeira do Deus altíssimo!!! Não sou “fake”, não vivo de mentiras! O Jairo me perguntou: Cassi teu coração está limpo? Eu disse sim! Então guarde isso: Para Amigos, você não precisa dar explicações. Para os “inimigos” não adianta se explicar“, escreveu.

Humildade

Cassiane é uma das mais respeitadas artistas do meu gospel. Tem 39 anos de carreira. Na mensagem, ela se defendeu das acusações. Mas foi humilde em reconhecer que errou.

“Se me conhecessem ou pelo menos respeitassem minha história de 39 anos dando frutos. Recebi vários ataques e julgamentos terríveis de pessoas que dizem ‘pregar o amor’ mas são tão insensíveis que não pararam um instante se quer para ver o histórico, saber se foi proposital ou um erro, uma falha. Atacam como se ‘jogassem no lixo’ toda uma história“, disse.

“Deus me conhece… E sabe que sou a favor da denúncia! Nunca falaria para qualquer pessoa para não denunciar e viver sob agressão! Inclusive, ousadamente incentivamos no clipe a vítima mesmo guiada pela fé, a romper essa história e mudar de postura. Os inimigos de Deus, não creem que Deus pode sim, fazer esse milagre, e transformar qualquer pessoa. Eu creio e vou crer até o fim! Porém, na mesma hora falei com a gravadora, que prontamente entendeu que houve uma falha ao aprovar sem essa informação tão importante. A humildade procede de Deus! Sou humilde e aceito que houve uma falha, um erro em não expor sobre a denúncia explicitamente”, concluiu.

Confira o clipe polêmico

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se