26.6 C
Vitória
segunda-feira, 6 dezembro 2021

Amor por missões: o casal que financia médicos missionários na África

Casal judeu doa US $ 18 milhões para financiar missões médicas cristãs na África

Por Priscilla Cerqueira

Você doaria uma fortuna para em prol do reino de Deus? Foi o que fez um casal judeu, que mora em Nova York, Estados Unidos. Mark e Erica Gerson doaram o que é considerado o “maior presente privado de todos os tempos” para missionários médicos na África. A doação foi no valor de US $ 18 milhões.

Mark Gerson disse que ele e sua esposa decidiram doar mais dinheiro para a causa porque a falta de acesso a cuidados médicos para a maioria das pessoas na África é  “um dos os problemas humanitários mais significativos do mundo“.

“O melhor investimento que se pode fazer, seja em um contexto de negócios ou sem fins lucrativos, é apoiar médicos missionários cristãos que trabalham na África”, disse Gerson, um investidor ao site de notícias The Christian Post.

Pobreza e necessidades na África

A África sofre 24% das doenças no mundo. O continente possui apenas 3% dos profissionais de saúde globais. Milhões de africanos precisam de cirurgia, cuidados maternos, tratamento para HIV e cuidados relacionados a traumas. Para os africanos, o tratamento é inacessível devido à falta de médicos, infraestrutura médica, equipamentos e suprimentos.

casal-judeu
Foto: Reprodução

O dinheiro vai financiar infra-estrutura, fornecerá o oxigênio necessário para uso médico e energia para moradia hospitalar, para permitir que os africanos se sintam mais confortáveis ​​indo para instituições hospitalares em momentos de necessidade.

As áreas da África que receberão ajuda da doação dos Gersons são Quênia, Uganda, Malaui, Sudão (Montanhas Nuba), Libéria, Burundi e Etiópia. Em muitos países africanos, há muito poucos médicos treinados para serem especialistas ou cirurgiões porque eles não têm experiência em áreas de especialidade da medicina e são incapazes de realizar cirurgias.

“É muito gratificante retribuir aos outros e saber que há pessoas na África, tanto agora como no futuro, que receberão cuidados que de outra forma não seriam. Este dinheiro é a diferença entre a vida e a morte, o sofrimento e a felicidade para um companheiro filho de Deus. E somos inspirados a ajudar por meio dessa doação. É incrível saber que alguém pode fazer isso para ajudar os outros”.

Com informações de CBN News

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se