back to top
23.9 C
Vitória
sábado, 22 junho 2024

Casal de missionários é assassinado por gangue no Haiti

Foto: Reprodução Twitter

Os jovens trabalhavam em tempo integral na obra; e a Casa Branca pediu o envio rápido de força policial internacional ao país

Por Patricia Scott

Nos últimos meses, o Haiti enfrenta uma onda de violência orquestrada por gangues. Sendo assim, os reflexos da crise também têm atingido os cristãos. E, na última quinta-feira (23), um jovem casal missionário foi morto no país. De nacionalidade norte-americana, Davy, 23 anos, e Natalie Lloyd, 21, trabalhavam no campo missionário em tempo integral.

“Meu coração está partido em mil pedaços. Nunca senti este tipo de dor. A maioria de vocês sabe que minha filha Natalie Lloyd e o meu genro, Davy, são missionários em tempo integral no Haiti. Eles foram atacados por gangues esta noite. Ambos foram mortos e foram para o Céu juntos”, divulgou o deputado americano Ben Baker, pai de Natalie, no Facebook.

Diante do luto das famílias dos missionários, ele pediu orações. “Por favor, orem pela minha família, precisamos desesperadamente de força. Não tenho mais palavras por enquanto”, compartilhou Ben. 

- Continua após a publicidade -

Natalie e Davy casaram, em 2022. Eles trabalhavam para Missões no Haiti, que é presidida pelos pais de Lloyd há mais de 20 anos, conforme as redes sociais de Ben Baker. Cabe destacar que Jude Montis, de 45 anos, diretor haitiano da organização, também morreu no mesmo ataque. 

Casal de missionários é assassinado por gangue no Haiti
Foto: Mission in Haiti/AFP

“Esta noite, quando Davy, Natalie e as crianças estavam saindo da Juventude na igreja, eles foram emboscados por uma gangue de três caminhões cheios de rapazes”, postou a Missões no Haiti no Facebook, na quinta-feira (23), acrescentando que “Davy foi levado para casa amarrado e espancado. A gangue então pegou nossos caminhões, carregou com tudo o que queria e foi embora”.

Três horas depois, a organização compartilhou que Davy e Natalie “foram baleados e mortos pela gangue por volta das 21h, de quinta-feira (23)”. O governador republicano do Missouri, Mike Parson, lamentou a perda do casal na manhã da última sexta-feira (24), chamando de “notícias absolutamente comoventes”.

Em 23 de abril, a Missões no Haiti chegou a relatar as condições terríveis que assolam, em rede social. “As gangues ainda estão lutando por mais controle e regras de caos. Parece que o mundo virou as costas ao Haiti e o país ficará sob controle total das gangues”.

Força policial internacional

Em comunicado à CNN, na sexta-feira (24), a Casa Branca expressou condolências às famílias, ao mesmo tempo em que pediu o envio rápido de força policial internacional aprovada pelo Conselho de Segurança da ONU para a região. “Estamos cientes dos relatos de mortes de cidadãos americanos no Haiti. Nossos corações estão com as famílias dos mortos enquanto eles vivenciam uma dor inimaginável”.

Segundo a Casa Branca, “a situação de segurança no Haiti não pode esperar. É por isso que o presidente Biden reiterou o nosso compromisso de apoiar a aceleração do envio da Missão de Apoio à Segurança Multinacional (MSS) para reforçar as capacidades da Polícia Nacional Haitiana para proteger os civis, restaurar o Estado de Direito e preparar o caminho para a governança democrática”.

Estima-se que os criminosos já controlam 80% da capital e o governo decretou estado de emergência na cidade, conforme o PBS News Hour. Nos últimos anos, missionários estrangeiros e líderes locais se tornaram alvos de sequestros.

Relatório da Iniciativa Global Contra o Crime Organizado Transnacional, divulgado em fevereiro, revela que as gangues haitianas são abastecidas com armamento estilo militar e ganham 25 milhões de dólares ao ano através de resgate de sequestros. Desse modo, o controle de grupos armados também tem dificultado o trabalho diário da igreja e de missões no país. Com informações Koam News

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -