19.2 C
Vitória
terça-feira, 7 julho, 2020

De novo Cármen Lúcia na presidência do Brasil

Mais lidas

O mistério da morte de centenas de elefantes na África

Pesquisadores acreditam que o coronavírus possa ser uma das causas das mortes das centenas de elefantes na África. Saiba mais!

Coronavírus deixa 73 países em risco de escassez de remédios para HIV

A incapacidade dos fornecedores de entregarem os antirretrovirais dentro do prazo e a paralisação dos serviços de transportes terrestre e aéreo estão entre as causas

Estudantes com Fies podem suspender parcelas no BB a partir de hoje

A manifestação pode ser feita pelo app BB. Saiba mais! 

Governo amplia vetos na lei que torna obrigatório o uso de máscara

Artigos da lei foram republicados no Diário Oficial de hoje. Saiba mais! 

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) vai assumir o cargo por 12 horas.

Pela segunda vez a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, irá a assumir a Presidência da República. É que o presidente Michel Temer viajará, na próxima segunda-feira (18), ao Paraguai para participar da cúpula do Mercosul. E por isso a ministra ficará no cargo provisoriamente, por 12 horas.

Cárnem Lúcia é a terceira na linha sucessória para o cargo. Como não há vice-presidente, o próximo é o presidente da Câmara dos Deputados. Depois dele o presidente do Senado. Porém, a legislação eleitoral impede a candidatura de ocupantes de cargos no Executivo nos seis meses que antecedem as eleições.

Tanto o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ),quanto o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), irão viajar no fim de semana. E só retorna, na terça-feira (19).

Esta é a segunda vez que Cármen Lúcia assume a presidência da república nesse período pré-eleitoral. Em abril, ela ocupou o cargo durante uma viagem de Michel Temer ao Peru, para a 8ª Cúpula das Américas. Dessa vez, a viagem será para o encontro dos Chefes de Estado do Mercosul, que será na segunda (18).

Antes de Cármen Lúcia, o último presidente do STF e assumir a Presidência da República foi Ricardo Lewandowski, em 2014. À época, a presidente Dilma Rousseff foi aos Estados Unidos e o vice Michel Temer ao Uruguai. Os então presidentes da Câmara e do Senado, Henrique Alves (MDB-RN) e Renan Calheiros (MDB-AL) não assumiram o posto porque alegaram impossibilidades eleitorais.

*Com informações da Agência Brasil 


Leia mais

Cármen Lúcia assume a Presidência da República

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

“Bíblia de Estudo Swindoll”: mais compreensão e curiosidades

Além de facilitar a compreensão, a "Bíblia de Estudo Swindoll" traz curiosidades sobre o livro mais vendido do mundo

Kanye West anuncia nova música de trabalho com temática gospel

Em um vídeo curto Kanye West divulgou detalhes da melodia da canção "Wash Us In The Blood" (Lava-nos no Sangue)

Enciclopédia dos adventistas em formato digital

Enciclopédia é fruto de um trabalho de dezenas de profissionais em várias partes do mundo e inclui material sobre pioneiros adventistas na América do Sul

Juliano Son canta “Nada mudou”, do EP Tudo Novo

Canção é o quinto e último single do projeto musical Tudo Novo, de Juliano Son