24.9 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto 2022

Capelania: um trabalho importante mas invisível

prisão
Foto: reprodução/ Pixabay

“Se um ex-detento estiver cometendo um assalto e me ver, ele vai roubar todo mundo, mas não vai fazer nada comigo, por que me conhecem e respeitam”

Por Marlon Max

Existe um trabalho que acontece quase que de maneira invisível. O capelão é aquela pessoa que dedica tempo em visitas aos necessitados, seja em hospitais, presídios ou no setor público. A capelania cristã avança em todo o país com milhares de voluntários operando. O presbítero da Igreja Presbiteriana do Brasil, em Juiz de Fora, Antônio Carlos é um dos muitos que estão no fronte desta missão.

Recentemente, a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), lançou uma campanha de arrecadação de recursos para ampliar a cobertura que é oferecida aos capelães em todo Brasil. Intitulada de “Recomeçar”, a iniciativa leva em conta o poder transformador da palavra de Deus.

A campanha pretende alcançar cerca de 7.500 pessoas, em presídios. A Sociedade Bíblica do Brasil é a principal entidade de apoio ao trabalho de capelania no Brasil. Para a gerente de Projetos Sociais da SBB, Emilene Araújo, o trabalho junto à população carcerária tem rendido bons frutos.

O capelão Antônio Carlos confirma o apoio da Sociedade Bíblica do Brasil. Segundo ele, em parceria com a SBB, foi desenvolvido uma literatura específica intitulada “A Verdade os Libertará” para o trabalho de discipulado que ele desenvolve no presídio. O material traz 30 devocionais com textos bíblicos voltados para o contexto prisional.

“A gente faz um projeto para dois meses, e solicita uma sala para se reunir com os presos por três horas, uma vez na semana para que a gente possa ter um trabalho de discipulado. Nosso trabalho é voltado para o aconselhamento e não necessariamente para a pregação. Nosso principal papel é ouvir o que eles têm a dizer e levar uma palavra de Deus”, explicou.

Apesar de não haver uma lei que regulamente o trabalho do capelão, o presbítero recomenda que todos que querem se dedicar à capelania busquem um curso ou ministério para auxiliar nos primeiros passos. A campanha de arrecadação Recomeçar, pretende expandir o trabalho dentro dos presídios e hospitais.

Desde sua fundação, a SBB trabalha na difusão da mensagem bíblica dentro de presídios e hospitais e apoia milhares de capelanias e igrejas que realizam o trabalho de evangelismo junto a pessoas em situação de cárcere e hospitalizados.

Distribuir a Bíblia e outros materiais que tematizam, estimulam e difundem a transformação de vida, usados nas instituições penais para reinserção social dos presos. Segundo a SBB, há a importância de tornar acessíveis o amor e o perdão de Deus a essas pessoas, cooperando para sua recuperação integral.

Antonio CarlosAntonio Carlos, presbítero na IPB, Bacharel em Direito, Doutor e Mestre em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora, coordenador do Curso de Capelania Direito & Religião (www.direitoereligiao.com.br/capelania)

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se