22.9 C
Vitória
segunda-feira, 20 setembro 2021

Congresso Nacional em novo comando; Entenda!

Em votação realizada nesta segunda-feira, 1º, deputados elegeram Arthur Lira (PP-AL) para presidente e os senadores, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para presidente do Senado Federal

Por Keila Lopes e Priscilla Cerqueira 

O Congresso Nacional está em novo comando. Nesta segunda-feira, 1º, deputados e senadores escolheram seus presidentes por voto. Coube ao DEM, na Câmara, e ao MDB, no Senado, partidos que atuavam com certa independência em relação ao governo, colocarem a pá de cal nos adversários dos candidatos aliados ao Planalto, o deputado Arthur Lira (PP-AL) e o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

Ambos presidentes eram apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O resultado das eleições para as Presidências da Câmara e do Senado foram uma dupla vitória para o chefe do executivo.

Após a vitória de seus candidatos nos pleitos, Bolsonaro disse que “no seu entender”, os parlamentares de ambas as Casas “escolheram bons candidatos. Eu fiquei na torcida”, afirmou em resposta a um apoiador na saída do Palácio do Planalto.

Os presidentes eleitos

Arthur Lira/ Câmara dos Deputados – O novo presidente da Câmara, Arthur César Pereira de Lira tem 51 anos e está em seu terceiro mandato como deputado federal. Empresário, agropecuarista e bacharel em Direito, o parlamentar começou na vida pública em 1993, quando se elegeu vereador por sua cidade natal.

É filiado ao PP, seu atual partido desde 2009. Em 2012, o deputado assumiu a liderança da legenda pela primeira vez, voltando a ocupar o cargo de 2018 em diante. Lira foi eleito presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados em 2015 e comandou os trabalhos da Comissão Mista do Orçamento em 2016.

Rodrigo Pacheco/ Senado Federal – Já o presidente do senado, Rodrigo Pacheco tem 44 anos e nasceu em Porto Velho (RO). É advogado criminalista e fez parte da defesa de um ex-diretor do Banco Rural no julgamento do mensalão. Também ocupou cargos na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Eleito deputado federal em 2014.

Está no primeiro mandato como senador, função para a qual foi eleito em 2018, mesmo ano em que se filiou ao DEM. É o atual presidente do diretório mineiro da legenda; e, no Senado, foi líder do partido.

Entenda a votação

A votação aconteceu nessa segunda-feira. Ao todo, nove candidatos concorreram à presidência da Câmara dos Deputados, mas a disputa ficou entre dois favoritos. São eles: Baleia Rossi, candidato apoiado por Rodrigo Maia, e Arthur Lira, candidato do presidente Jair Bolsonaro.

Lira venceu em primeiro turno por ter obtido maioria absoluta (metade mais um – no caso da Câmara, 257 votos) de votos dos deputados presentes. Baleia Rossi, candidato do bloco de Rodrigo Maia, ficou em segundo lugar com 145 votos.

Ambos fazem parte do chamado Centrão que reúne parlamentares das legendas de centro e centro-direita. De acordo com o professor e doutor em Ciências da Religião, Kenner Terra, esta ligação de Lyra a legenda preocupa devido aos comportamentos do grupo.

Acompanhe mais detalhes no vídeo:

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se