22.1 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto 2022

Câmara permite propaganda política nas igrejas em Novo Código Eleitoral

Senado
Foto: Reprodução

O texto não valerá para as eleições de 2022. Isto porque deveria ter sido aprovado e sancionado antes do dia 2 de outubro

Por Patricia Scott

A Câmara dos Deputados aprovou o Novo Código Eleitoral, permitindo que igrejas e universidades sejam usadas para propaganda eleitoral. Anteriormente à nova medida, essas instituições eram impedidas de receber debates públicos sobre o assunto durante as eleições.

O texto não valerá para as eleições de 2022. Isto porque deveria ter sido aprovado e sancionado antes do dia 2 de outubro. Com o novo código, candidatos e igrejas estariam livres das acusações de abuso de poder religioso.

O Artigo 483, do inciso 3 do PLP -112/2021 frisa que “com o intuito de assegurar a liberdade de expressão, as manifestações proferidas em locais em que se desenvolvam atividades acadêmicas ou religiosas, tais como universidades e templos, não configuram propaganda político-eleitoral e não poderão ser objeto de limitação”.

O Novo Código Eleitoral seguiu para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Caso sofra qualquer alteração, retornará para a Câmara dos Deputados.

 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se