IPB é homenageada pela Câmara Federal

Foto: Rafael Querrer

Mais de 200 pessoas participaram da solenidade na Câmara Federal em comemoração aos 160 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB). Um culto especial de gratidão será realizado nesta sexta (16) em São Paulo

A Câmara dos Deputados realizou nesta quarta (14) uma sessão solene em homenagem à Igreja Presbiteriana do Brasil pelos seus 160 anos, em Brasilia (DF). Além dos parlamentares, estiveram presentes várias autoridades, liderança eclesiástica, e convidados de outras igrejas.

O presidente do Supremo Concílio da IPB, Rev. Roberto Brasileiro e o diretor-presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), José Inácio Ramos, compuseram a mesa da sessão, presidida e organizada pelo deputado Gilberto Nascimento (PSC-SP).

Mais de dez deputados da casa, além de representantes do governo do Distrito Federal e de ministérios do governo Federal subiram à tribuna do plenário para discursar sobre a história da IPB. Foram destacados os feitos da Igreja em benefício da sociedade e sua atuação no campo educacional e de saúde pública.

“Entendemos o trabalho social que a igreja tem feito e, acima de tudo, o trabalho espiritual que ela faz. Nenhuma instituição sobrevive por 160 anos sem falar a verdade e se não tiver propostas e propósitos. É uma Igreja fundamentada nos pilares do evangelho e que arrebanha milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Essa sessão, hoje, é o reconhecimento da sociedade, do país. Essa casa representa o povo brasileiro, então, na hora em que você está fazendo uma sessão nessa casa é o povo brasileiro dizendo que reconhece, agradece e apoia esse trabalho”, disse Gilberto Nascimento.

O coro da Igreja Presbiteriana Nacional abrilhantou a sessão com os hinos “Tu és fiel” e “Eu sou”, sob a regência da maestrina Simone Morais.

“A igreja nunca abandonou o seu alvo, o seu propósito, que é a pregação do evangelho. Os demais projetos, escolas e seminários na área de educação, e a atenção na área da saúde, são muito importantes, mas o nosso alvo sempre foi a pregação do evangelho. E esse alvo nós estamos mantendo, Deus tem dado à igreja fidelidade para continuar com os nossos propósitos. A solenidade é o reconhecimento da sociedade por tudo aquilo que a igreja fez, e onde nós anunciamos que continuamos fiéis aos nossos propósitos”, destacou o Rev. Roberto Brasileiro.

Foto: Rafael Querrer
História

A Igreja Presbiteriana conta com igrejas, congregações e pontos de pregação que compartilham o evangelho da graça com a população. Ao longo desses 160 anos, a IPB sempre foi envolvida com obras sociais por todo o país e tendo a educação como sua vocação.

Para José Inácio Ramos, presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie, a interlocução com a sociedade, estabelecida pela IPB ao longo dos anos na propagação da Palavra de Deus, tem sido um dos diferenciais da atuação da Igreja.

“A IPB tem o compromisso de pregar a palavra de Deus de forma clara, objetiva, transparente, baseada apenas na Bíblia, e cuidando do social, que é extremamente precioso à toda população, independente de raça, cor ou credo. Mas, cabe a IPB, primeiramente, propagar a palavra de Deus. E, em função disso, demonstrar a sua fé às boas obras. Esse é o nosso objetivo. A IPB tem se mantido fiel à palavra de Deus nestes 160 anos em que ela atua em território nacional”, discursou José Inácio Ramos.

Nesta sexta (16) será realizado um culto Solene de Gratidão a Deus pelo aniversário da denominação, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. A ministração ficará por conta do Rev. Juarez Marcondes Filho, secretário executivo do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Dia: 16 de agosto (sexta)
Hora: 19h30
Local: Auditório Ruy Barbosa do Mackenzie, Rua Itambé, 143 – Higienópolis – São Paulo
Leia mais

Os 160 anos da igreja Presbiteriana do Brasil