22.9 C
Vitória
sexta-feira, 20 maio 2022

Bombas deixam feridos na República Democrática do Congo

RDC
Foto: Reprodução/UN

Um dos ataques aconteceu em uma igreja. Até o momento, ninguém reivindicou a responsabilidade pelos ataques

Por Marlon Max

Três ataques com bombas aconteceram na cidade de Beni, Nordeste da República Democrática do Congo, deixando feridos. De acordo com o portal de notícias AFP, uma bomba artesanal explodiu no domingo pela manhã, em frente a uma igreja, deixando duas mulheres feridas.

O ataque ocorreu uma hora antes de uma celebração infantil que aconteceria no local. “Eles queriam atingir uma grande multidão porque a cerimônia reunia crianças, os pais e muitos outros cristãos”, disse Laurent Sondirya, membro da igreja de Beni. Testemunhas disseram à AFP que podiam ver vestígios de sangue na entrada da igreja após a explosão.

Horas depois, houve um atentado suicida do lado de fora de um bar a cerca de 100 metros de uma mesquita. No sábado, outra bomba explodiu perto de um posto de gasolina nos arredores de Beni, sem causar nenhum dano.

O prefeito colocou a área sob toque de recolher afirmando que tem informações indicando que mais ataques foram planejados. Ninguém reivindicou a responsabilidade pelos ataques ainda, mas presume-se que seja obra das Forças Democráticas Aliadas, um grupo militante islâmico que havia prometido fidelidade ao Estado Islâmico e foi recentemente adicionado à lista de grupos terroristas estrangeiros dos Estados Unidos.

Com informações Portas Abertas

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se