21.8 C
Vitória
domingo, 25 outubro 2020

Bolsonaro ‘virou as costas para cidade de SP’, diz Covas

Leia também

Pesquisa! Desigualdade nas refeições básicas

O Sudão do Sul está mais uma vez no topo da lista, com ingredientes básicos custando 186% da renda diária de uma pessoa

Covid-19: Anticorpos duram sete meses no organismo

Estudo com 6 mil pessoas mostrou que os infectados pela covid-19 geram uma reação imunológica adequada. Saiba mais!

Investimento Direto no País soma US$ 1,597 bi em setembro, diz BC

No acumulado dos 12 meses até setembro deste ano, o saldo de investimento estrangeiro ficou em US$ 50,026 bilhões

Covas também evitou classificar a queda nos repasses como um “boicote deliberado”, mas deixou aos espectadores a conclusão

O prefeito e candidato à reeleição em São Paulo, Bruno Covas (PSDB), aproveitou a sabatina do Estadão para as eleições 2020 nesta quinta-feira, 15, para nacionalizar a campanha e criticar a queda no repasse de recursos federais pelo governo Jair Bolsonaro à capital paulista. Covas disse que Bolsonaro “virou as costas à cidade”, e que o presidente deve explicações pela diminuição no envio de recursos. A declaração serviu de crítica também a seu principal concorrente na disputa, Celso Russomanno (Republicano), que é apoiado pelo presidente.

“O presidente podia aproveitar então, já que está dedicado e focado na campanha do Celso Russomanno, (para explicar) porque ele diminuiu as transferências voluntárias à cidade de São Paulo em 97%, quando comparado o último ano da gestão Temer com o ano de 2020”, disse Covas aos jornalistas do Estadão.

“Ele podia explicar porque virou as costas para a cidade de São Paulo nesses dois anos, e o candidato dele pode (Russomanno) explicar por quê, nesses dois anos, ele não ajudou a cidade de São Paulo a buscar esses recursos que foram reduzidos pela administração federal”, disse o prefeito. Ele disse, no entanto, que apesar da queda em repasse de recursos voluntários, a Prefeitura conseguiu um total de R$ 2,5 bilhões com os governos estadual e federal para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Covas também evitou classificar a queda nos repasses como um “boicote deliberado”, mas deixou aos espectadores a conclusão. “Vocês podem classificar o que é isso”, disse.

Questionado sobre a ausência do governador João Doria (PSDB) em peças da sua propaganda política. Ele disse que Doria ainda deve aparecer nos vídeos da campanha para mostrar obras que a gestão municipal tem feito em conjunto com o governo estadual. “Não tenho nenhum problema em mostrar pessoas que me apoiam, não escondo meus apoiadores.”

Com informações da Agência Estado.
- Publicidade -

Matérias relacionadas

Eleições 2020: Número de candidatos evangélicos cresce 34%

Quase 5 mil candidatos a prefeitos e vereadores em todo o país são evangélicos Para as eleições de 2020, houve um aumento de 34% no...

‘Reconheço mérito, mas correções podem ser feitas’, diz Marques

O desembargador evitou se posicionar se é favorável ou não a uma revisão na prisão após condenação em segunda instância

Em respeito a Mello, sabatina de Kassio Marques só ocorrerá após aposentadoria

"Esclareço ainda: em respeito ao Senhor Ministro Celso de Mello, não realizaremos a referida sabatina antes do dia 13", afirmou a presidente Simone Tebet

No nordeste, Bolsonaro pede votos em ‘quem tenha Deus no coração’

O presidente afirmou também que, como chefe supremo das Forças Armadas, nunca abrirá mão da liberdade e democracia do País

STF tem 4 ministros a favor da reserva de verbas para candidaturas negras

"A conquista da igualdade do voto, no mundo todo, foi essencial e necessária para o combate e a diminuição de todas as formas de discriminação, porém não suficiente", disse Moraes

Reserva de verba para negros já vale para eleições de 2020, determina Lewandowski

A parlamentar pediu ao tribunal para estabelecer uma cota de 30% de candidaturas negras em cada partido

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Respostas simples para questões complexas sobre a fé cristã

"Cristianismo bem explicado" é o quarto livro da série da Mundo Cristão, dedicada a esclarecer pontos difíceis sobre convívio social, Bíblia e teologia.

Kemuel fará reality; Novidade será anunciada em live

Isadora Pompeo, Rebeca Carvalho, Sarah Beatriz, Neil Barreto, Felipe Vilela e Pyero Tavolazzi são alguns dos convidados da live com Kemuell neste domingo, 25

Discos de platina e platina triplo para Davi Sacer

om milhões de plays, o cantor e compositor recebe premiações durante a gravação do seu novo projeto no Rio de Janeiro (RJ)

“40 Dias – Milagre Da Vida”: impacto e esperança

Pastores e líderes de diversos lugares do país, mobilizaram pessoas de suas igrejas, amigos e familiares para conferirem no cinema a história impactante de Abby Johnson