19 C
Vitória
terça-feira, 4 agosto, 2020

Bolsonaro anuncia junção de ministérios e confirma Marcos Pontes

Leia também

PIB contraiu 11,2% no 2º trimestre de 2020

Em relação ao segundo trimestre de 2019, a queda na atividade econômica apontada pelo IAE foi de 11,7%

Esperamos que agosto seja o pico da covid-19 nas Américas, diz Jarbas Barbosa

Durante a coletiva, o diretor-assistente da Opas comentou o fato de que o padrão de transmissão da doença na América Latina tem se mostrado distinto da Europa

Brasil: Prefeitos se unem em campanha de combate à covid-19

Iniciativa é da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que negociou com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorização especial para veicular comunicação sobre a doença em jornais, sites, rádios e na TV durante toda a pandemia

Uma das medidas adotadas pelo presidente eleito para redução de custos da pasta de Agricultura ao Meio Ambiente e criará superministério da Economia.

Jair Bolsonaro (PSL) ainda não assumiu o cargo de presidente da República, mas já está causando polêmica ao anunciar que em seu governo fundirá os ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente, assim como fará com a Economia, que fundirá com a da Fazenda, do Planejamento e da Indústria e do Comércio Exterior.

Durante reunião, realizada nessa terça-feira (30), na casa de Paulo Marinho, no Rio de Janeiro, coordenador de economia da campanha de Bolsonaro, Paulo Guedes, apontado como futuro ministro da Economia, confirmou a criação do superministério.

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), indicado para Casa Civil, reafirmou sobre a fusão do Meio Ambiente com a Agricultura. Em entrevista aos jornalistas, após a reunião, ele afirmou que o objetivo é reduzir de 29 ministérios para 15 ou 16. Guedes acrescentou que a junção das pastas é importante para dar agilidade às decisões.

“Nós vamos salvar a indústria brasileira. Está havendo uma desindustrialização há mais de 30 anos. Nós vamos salvar a indústria brasileira, apesar dos industriais brasileiros”, disse Guedes.

Segundo ele, as medidas tem como objetivo simplificar e reduzir drasticamente o número de impostos. “Será uma abertura gradual. E a razão do Ministério da Indústria e Comércio estar próximo da Economia é para justamente existir uma mesma orientação econômica em tudo isso. Não adianta a turma da Receita ir baixando os impostos devagar e a turma do Ministério da Indústria e Comércio abrir muito rápido. Isso tudo tem que ser sincronizado, com uma orientação única.”, avaliou.

REUNIÕES

Guedes e Onyx trataram sobre a formatação do governo e o início dos trabalhos da transição. Nesta quarta-feira (31), Onyx deverá ir a Brasília para se reunir com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que coordena a equipe de transição do governo Temer.

Já Bolsonaro se reunirá com o presidente Michel Temer em breve. Em entrevistas a emissoras de televisão, ele afirmou que pretende ir a Brasília na próxima semana quando se reunirá com o presidente e também pretende agilizar o debate sobre a reforma da Previdência.

Astronauta Marcos Pontes. Foto: Reprodução

Quatro nomes confirmados

Na manhã desta quarta-feira (31), o presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou a indicação de Marcos Pontes para o Ministério da Ciência e Tecnologia.

Além de Tenente-Coronel e astronauta, ele é engenheiro formado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Esse é o quarto nome confirmado para o novo governo. Além de Paulo Guedes e Onyx Lorenzoni, outras indicações previstas são: General Augusto Heleno Ribeiro, para Ministério da Defesa e o juiz Sérgio Moro para o Ministério da Justiça.

publicação

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Jair Bolsonaro 17 (@jairmessiasbolsonaro) em

leia mais

Bolsonaro deve chamar Moro para Ministério da Justiça ou STF
A primeira reunião de Bolsonaro com equipe de governo

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Amanda de Sá feat Sanderson Moraes “Nossa bandeira”

Nossa bandeira é o terceiro lançamento da artista pela Sony music desde que venceu o festival de Música Eagle, edição ES, em setembro do ano passado

Faces da perseguição: o preço de viver pela fé

Viver pela fé em meio a perseguição. Na séria faces da perseguição, mostra a história do pastor Jean Marc, que enviou a família para um esconderijo no Congo, mas ficou na República centro-africana por causa da igreja. Saiba mais!

Max Weber: Economia e religião estão interligadas?

No livro "A ética protestante e o espírito do capitalismo", o sociólogo alemão, Max Weber, se debruça em um estudo minucioso sobre as religiões e o sistema econômico do século XX

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”