23.2 C
Vitória
sábado, 16 janeiro 2021

BNDES reabrirá Moderfrota com R$ 740 milhões

Quanto à possibilidade de reforço dos programas com dinheiro adicional para o momento em que os recursos se esgotarem definitivamente

Por Clarice Couto (AE)

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) reabrirá nesta sexta-feira (13) o sistema para protocolos de novos pedidos de financiamento para o Moderfrota, principal programa de estímulo à aquisição de máquinas e implementos agrícolas do País. O valor disponível será de R$ 740 milhões, conforme anteciparam o chefe do Departamento de Clientes e Relacionamento Institucional do BNDES, Tiago Peroba, e o chefe do Departamento de Canais de Distribuição e Parcerias do banco, Caio Araújo. O montante representa 14% dos R$ 6,2 bilhões alocados para o Moderfrota na safra 2020/21.

O banco enviou na quarta-feira (11) às instituições financeiras que operam a linha um comunicado informando sobre a reabertura do sistema, para que novos pedidos de crédito sejam protocolados a partir de sexta, segundo Araújo. “Isso é feito para dar tempo de a informação ser disseminada entre os diversos players e permitir que os bancos se preparem internamente”, explicou ele. O BNDES havia bloqueado novos pedidos de empréstimos ao programa no dia 30 de outubro.

Araújo informou também que o banco está preparando a reabertura do sistema para novos pedidos de crédito para o Pronaf Tratores e Colheitadeiras, linha focada em agricultores familiares. A previsão é de que as contratações sejam retomadas na semana que vem.

As demais linhas que tiveram pedidos de financiamento suspensos ao longo do último mês pelo BNDES – Inovagro, Moderagro, Pronamp Investimento e dos programas ABC e PCA – devem ser reabertas ainda em 2020, de uma só vez, conforme Araújo.

Quanto à possibilidade de reforço dos programas com dinheiro adicional para o momento em que os recursos se esgotarem definitivamente, ambos os chefes de departamento relataram que todas as linhas de investimentos estão “muito demandadas”. “Não vejo, dentro do BNDES, espaço para remanejamento de recursos (de uma linha eventualmente menos procurada para outra mais demandada)”, disse Araújo.

Crédito rural

Além de reabrir gradualmente seu sistema para novos pedidos de financiamento a linhas de investimento ligadas ao Plano Safra 2020/21, o BNDES deve em breve suplementar seu Programa BNDES Crédito Rural, criado no início deste ano e que oferece recursos com taxas de juros sem equalização do governo federal.

De R$ 1,5 bilhão alocados para o ano de 2020, já foram aprovados pedidos que somam R$ 1,2 bilhão, afirmou Caio Araújo. Como o volume aprovado mensalmente tem girado em torno de R$ 200 milhões, a previsão é de que os R$ 300 milhões restantes sejam consumidos rapidamente. “Até o fim de novembro ou começo de dezembro deveremos ter uma definição sobre essa suplementação. Estamos trabalhando com um valor que dure até o fim de 2021 (ano civil), para ser uma válvula de escape em relação às linhas do Plano Safra”, explicou Araújo.

A negociação, neste caso, é mais simples do que quando se trata de linhas do Plano Safra, explica Tiago Peroba. “É uma decisão exclusivamente do banco, bem diferente do contexto dos programas agropecuários do governo federal, que envolvem ministérios”, argumentou.

Peroba observou que a demanda média de R$ 200 milhões/mês deve aumentar quando os recursos das linhas oficiais de investimento do Plano Safra, que estão no fim, se esgotarem. “Aí não serão só R$ 200 milhões por mês, até porque para o produtor, na parcela, a diferença de taxa de juros é insignificante”, disse ele. Segundo Peroba, enquanto o Moderfrota tem taxa de juro mensal de 0,6%, o BNDES Crédito Rural opera com taxa de 0,75% ao mês.

O BNDES vai acompanhar a demanda pelos recursos de seu programa próprio junto às instituições financeiras ao longo do ano que vem, a fim de avaliar a necessidade de novas suplementações, de acordo com Peroba. “Não nos preocupa conseguirmos um orçamento adicional para o BNDES Crédito Rural agora e daqui três ou quatro meses pedir um pouco mais”, afirmou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

BNDES financia segunda usina termelétrica no Porto do Açu

O GNL será convertido em estado gasoso por um terminal de regaseificação, para ser enviado para as duas usinas por um sistema de dutos

BNDES aprova 2 empréstimos para United Airlines e AerCap

O BNDES vem atuando como agência de crédito à exportação da indústria. A Embraer é a principal cliente do banco de fomento

Investidores que não possui estratégias ESG vão sair do mapa, diz BNDES

A tendência é que cada vez mais investimentos hoje separados na caixinha ESG e investimentos tradicionais se tornem uma coisa só

Não há plano de prorrogação de medidas emergenciais, diz presidente do BNDES

O foco do BNDES a partir de agora é apoiar o setor privado em infraestrutura, ajudando a estruturar projetos

Peru: Evangélicos pedem reaberturas de templos

Há mais de sete meses as igrejas do Peru estão fechadas por conta da pandemia de covid-19. Saiba mais!

“40 dias – Milagre da Vida”: dia 15 nos cinemas do Brasil

Baseado em fatos reais, longa traz uma mensagem pró-vida e denuncia a indústria do aborto. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Morre o pai da cantora Cassiane

O anúncio de sua morte foi feito pelas redes sociais de Cassiane. As causas da morte ainda não foram reveladas pela família. Saiba mais!

Juliano Son e seu “Voaremos”

Em parceria com Júlia Vitória, o artista inicia 2021 desejando novos vôos ao vento do Espírito Santo. Saiba mais!

Larry e Devi Titus em a vida a dois como você nunca viu!

Em "Ele diz, ela diz", Larry e Devi Titus traz uma abordagem inovadora, dedicada a casais em que marido e mulher têm personalidade marcante e atuam em alguma esfera de liderança

Amanda Wanessa apresenta melhoras em seu quadro de saúde

Cantora sofreu um acidente grave na semana passada. Nas redes sociais, família informou que Amanda Vanessa está sem sedativos e com a pressão normal. Saiba mais!