Billy Graham entre os 10 homens mais admirados pela 59ª vez

Aos 97 anos, o escritor Billy Graham foi eleito pela 59ª vez como um dos 10 homens mais admirados pelos americanos, segundo o Instituto de Pesquisas Gallup. O evangelista nascido em Charlotte teve a primeira aparição do seu nome na lista em 1955.

O ex-presidente Ronald Reagan é o concorrente mais próximo de Graham em relação ao número de vezes na lista dos homens mais admirados que esteve 31 vezes. A rainha Elizabeth II, da Inglaterra, também esteve na lista das Mulheres Mais Admiradas por 47 vezes.
O Presidente Barack Obama está no primeiro lugar como o homem mais admirado em 2015, pelo sétimo ano consecutivo.
A ex-secretária de Estado, Hillary Clinton foi a mulher mais admirada pelo 14º ano consecutivo. No geral, Clinton, que foi primeira-dama durante a maior parte da década de 1990, está no topo da lista de Mais Admirada por 20 vezes, mais do que qualquer outro homem ou mulher na história da Gallup.
Embora novamente Clinton e Obama tenham sido número um, por amplas margens, ambos viram um ligeiro declínio em suas percentagens globais. Os Estados Unidos entram em um ano de eleição presidencial que é provável que seja o mais polêmico nunca. Clinton está em processo de nomeação presidencial democrata.
Além de Clinton e seu concorrente republicano, Donald Trump, três outros candidatos presidenciais de 2016 apareceram nas últimas listas: o senador democrata Bernie Sanders e os republicanos Carly Fiorina e Ben Carson.
Terminando em segundo, na lista das mulheres mais admiradas, Malala Yousafzai que foi homenageada com o Nobel da Paz. Uma adolescente que foi baleada pelo Talibã depois de promover os direitos das jovens à educação em Paquistão e no vizinho Afeganistão.