22.9 C
Vitória
segunda-feira, 1 junho, 2020

Bianca Toledo afirma em novo vídeo que filho revelou abuso

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Pandemia afeta tratamento de hipertensão em mais de metade dos países

Doença agrava casos de Covid-19. OMS detectou falhas também nos serviços a diabéticos e cardíacos

O que você acha do limite de barulho nos templos religiosos?

O Senado Federal está fazendo uma consulta pública sobre limites para emissão sonora das atividades em templos religioso.

Segundo trimestre deve ser bem pior para o PIB, diz presidente do BC

Para Roberto Campos Neto, o PIB deve ser "bem pior" no segundo trimestre, em função da pandemia do novo coronavírus

Igreja cristã é demolida no Egito e cristãos são presos

A destruição de uma igreja no Egito foi para punir o "crime" de construir mais salas para a escola dominical

A missionária e pastora Bianca Toledo voltou a falar, nesta quinta-feira (28), sobre o caso de abuso sexual sofrido pelo filho de apenas cinco anos e o fim do casamento com o pastor Felipe Heiderich, de 35 anos, acusado pelo crime, que ele nega.

Na gravação de quase 40 minutos, postada às 21h13, a religiosa faz um desabafo para que “todo embaraço (sobre o caso) seja dissipado”. Orientada por um advogado, ela escreveu uma carta ao público na qual descreveu com detalhes a ordem cronológica dos acontecimentos desde o momento em que o marido dela teria mentido sobre um suposto câncer na hipófise, passando pelas denúncias de abuso do filho, até a prisão de Felipe.

“Nunca tive nada a esconder. Nem nunca vou ter. Mas se trata de um caso muito delicado”, começa Bianca, que afirma ter levado um “baque” e ficado “abalada psicologicamente” quando soube que o filho tinha sido abusado.

Sobre quando o filho lhe revelou o suposto abuso, a pastora conta: “Em um dos dias em que eu pedi a Deus direção em respeito de tudo que já sabia (sobre o marido ser supostamente homossexual), meu filho disse: ‘Mamãe, o papai é engraçado, ele fala delícia, delícia’. E eu já estava com a cabeça tão voltada para esse assunto que me alertei e disse: ‘Por que você tá falando isso?’, ‘Quando ele diz isso?’ E ele me disse: ‘Mamãe, se eu te contar ele vai te dizer que é mentira’. Eu não desejo a nenhuma mãe no mundo ouvir o que eu ouvi nesse dia, depois de indagar o meu filho por duas horas seguidas, tentando ter uma conversa leve, sem que ele percebesse que eu estava perdendo o chão a cada indagação que ele fazia”.
A pastora diz ainda que, posteriormente, levou o filho à uma psicológa e que, durante o encontro, ele teria detalhado os abusos sofridos. A religiosa afirmou ainda que não poderia dar mais detalhes sobre o caso, pois este corre em segredo de justiça.

Segundo a pastora, o marido foi o homem que ela mais amou na vida e negou que tivesse tido com ele um casamento de fachada, como foi dito por internautas. “Em nosso segundo almoço, ele me disse: ‘Tenho certeza de poucas coisas, mas do que tenho certeza não tenho dúvida. Vou me casar com você. E quero que você saiba que sou muito possessivo. E, se eu casar com você, seu filho será meu. E eu não permito que não me chame de pai’. Eu sempre citei isso nos testemunhos, de como era linda maneira que ele me conquistou. Mas hoje eu choro e vejo de outra forma. Naquele momento, era tudo o que queria ouvir”, diz.

Bianca diz que, após o caso, o filho está se reaproximando do pai biológico, com quem não tinha muito contato. “Eu nunca abri mão de ter meu filho ao meu lado”, diz a pastora que admite sempre ter deixado o filho aos cuidados da própria mãe e de empregados quando viajava e não podia levar o pequeno o consigo.

Prisão
Felipe Heiderich, que ficou preso por cinco dias, foi solto sem tornezeleira eletrônica. A Justiça do Rio concedeu a liberdade ao pastor, mas a determinação não pôde ser cumprida porque o Estado estava sem tornozeleiras eletrônicas. Mesmo assim, ele deixou a prisão sem o equipamento.

Indiciado por abuso
Investigadores também analisaram o celular e o computador de Felipe, mas não encontraram novas provas. O próprio acusado forneceu as senhas dos equipamentos. A delegada diz, portanto, que não é possível afirmar que há outras vítimas envolvidas:

— Se, por algum acaso, isso aconteceu, a vítima precisa comparecer à delegacia — diz Cristina, ressaltando que não houve conivência por parte de Bianca em relação ao crime: — Para nós, da polícia, isso está fora de cogitação. Ela não foi negligente.

O caso agora segue para a Justiça.

 “Estou em choque”, disse Felipe

O pastor Felipe Heiderich divulgou um vídeo no qual falou sobre a acusação de abuso contra o enteado de 5 anos.

“Eu precisava me recuperar um pouco. Eu sempre achei que todo mundo era inocente até que se provasse o contrário. Mas, o que eu vivi nesses últimos dias, semanas, é que todos são culpados até que se prove o contrário. Assim como vocês, eu fiquei em choque com tudo o que foi dito a meu respeito e todas as acusações. Até dia 12, eu estava em família, feliz, ministrando na igreja, com uma criança que eu amei, que eu mais amei nessa vida, que eu ajudei a criar com a minha esposa. No dia 14, eu sou comunicado por ela de que ela tinha descoberto que eu era homossexual e pedófilo. Ela pegou, saiu de casa com meu filho e ali começaram os piores dias da minha vida”, diz.
O inquérito policial sobre a acusação de abuso sexual concluiu que há indícios que provam o crime. Segundo a delegada Cristiana Bento, da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima, que investiga o caso, serviram como base para as investigações os relatos de três babás que trabalharam com a família, os laudos psicológicos e psiquiátricos da criança e o depoimento da mãe da vítima.

— Efetivamente, ninguém viu o estupro. A prova que temos são relatos testemunhais. Trabalhamos apenas com indícios, e não com provas cabais — esclarece Cristiana, frisando que as informações do inquérito são sigilosas.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Vila Mix em Casa Gospel acontece neste sábado (30)

Grandes nomes do meio evangélico do Brasil como André Valadão e Deive Leonardo vão participar do VillaMix em Casa Gospel. Evento será transmitido pelo youtube. Saiba mais!

“Carreata da solidariedade”, Marcha para Jesus em SP

Realizada pela organização da Marcha para Jesus, a ação foi batizada de “Carreata da Solidariedade” e será realizada no dia 13 de Junho

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

GOD Brasil: Como anunciar o que o mundo precisa ouvir?

O God Brasil é um movimento que incentiva o evangelismo intenso no mundo inteiro em um dia

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Varejo de livros acumula perda de 13% em 2020

Efeitos da pandemia ainda se fazem sentir no setor, que teve resultado 33% menor do que em maio de 2019

Animações para explicar crenças bíblicas em série

Série Princípios são divididos em 12 episódios que tiram dúvidas de temas bíblicos e também exploram temas contemporâneos, como o aborto.

“Aventuras em Galápagos”: desbravando a criação

A diversidade de recursos naturais das ilhas foi cenário para a produção, que faz parte de um projeto pedagógico da Educação Adventista

Em breve, um documentário sobre a Igreja Perseguida

Série conta com 12 episódios em que cristãos perseguidos contam suas histórias e como enfrentam a perseguição