24.4 C
Vitória
segunda-feira, 15 agosto 2022

“Foi um milagre”, testemunha mãe de bebê curado de covid-19

milagre_casal-bebê
Foto: Reprodução

Os pais de um recém nascido testemunharam um milagre, ao saber que o filho venceu a batalha contra o covid-19. “A igreja estava orando por ele, para a glória de Deus”, revela mãe.

Uma história de milagre! Ariana Werneck, mãe de seis crianças no Rio de Janeiro, viu seu filho recém-nascido vencer uma batalha contra o coronavírus em seus primeiros dias de vida. Segundo ela, a cura foi através do apoio e das orações de sua igreja.

Toda a família de Ariana apresentou sintomas da Covid-19. Além dela, seu marido, Leonardo, e as seis crianças: Alejandro, 12 anos, Otávio Luiz, 11, Valentina, 9, Estevan, 4, Olivia Antonella, 2. Mas Emílio foi o mais atingido.

“Emílio, nosso bebê de um mês de vida, começou a ter falta de ar. Suas costelas afundavam de uma forma assustadora quando ele tentava respirar e prontamente o levamos para o hospital. Lá fizeram exames que confirmaram a presença do coronavírus”, contou Adriana.

Batalha pela sobrevivência

Emílio foi internado no dia 28 de março no Hospital Federal de Andaraí, no Rio. Lá, mãe e bebê foram isolados em um quarto com uma placa na porta que dizia “alerta de alto contágio”. “O que Emílio tinha era viral e antibiótico nenhum iria ajudar. O único possível a se fazer era manter um suporte de oxigênio contínuo e orar para o sistema imunológico fosse forte o suficiente para combater o vírus”, contou.

Ariana é da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul. Enquanto estava no hospital, ela pediu oração aos pastores e amigos da igreja. Um dia após ser internado, no domingo, 29, Emílio começou a apresentar melhoras.

“No domingo, durante a pregação do pastor Marco no culto online, que eu assistia do quarto do hospital, aconteceu um milagre! O índice de saturação de oxigênio no sangue do Emílio, que era menor que 90, pulou para 92, 95, 98 e 99 em questão de minutos! E assim ele se manteve”, celebra.

Na manhã seguinte, Ariana disse à médica que havia toda uma igreja orando por ele, e ela respondeu: “Afé aumenta as defesas do organismo”. “Exatamente essas foram as palavras dela, com voz de incrédula, mas não negando o poder da fé! Daí em diante Emílio ficou curado para honra e glória de Deus!”, afirma a mãe.

Curado

Depois de seis dias internados, Ariana e Emílio voltaram para casa. O bebê, agora com dois meses, passa bem e amamenta normalmente.

“O vírus secou! Estamos eternamente gratos pelas palavras do pastor Marco Antonio de fé, esperança e ousadia, declarando cura e repreendendo toda enfermidade nesse momento e pelo apoio de todos os irmãos em Cristo que oraram sem cessar declarando a cura do Emílio”, declarou.

*Com informações de Canguru News 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se