back to top
22.1 C
Vitória
segunda-feira, 15 DE julho DE 2024

Batistas do Sul rejeitam emenda que proíbe pastoras nas igrejas

Foto: Reprodução/BPS

A votação reverteu uma aprovação preliminar, de 2023, em favor de uma proibição oficial de mulheres no pastoreio

Por Patricia Scott

Em uma votação história, os Batistas do Sul rejeitaram a proposta para proibir pastoras na igreja, na última quarta-feira (12). Sendo assim, a medida para colocar a proibição oficial na constituição da maior denominação evangélica dos EUA não foi aprovada.

A votação recebeu o apoio de 61% dos delegados. Para ser aprovada, era necessária a maioria absoluta de dois terços.
Segundo a medida, qualquer igreja filiada aos Batistas do Sul deveria nomear apenas homens para os cargos de pastor ou presbítero. A proposta reverteu uma votação preliminar, de 2023, em favor de uma proibição oficial de mulheres no pastoreio. 

O pastor Dwight McKissic, do Texas, que apoia as mulheres no ministério sob a liderança de um pastor, celebrou a rejeição da medida em rede social. “Deus ama as mulheres demasiado para permitir restrições antibíblicas, que violam a autonomia da igreja local, para impedir que as mulheres recebam e utilizem dons espirituais. A supremacia masculina não governava a ordem do dia”, compartilho no X.

- Continua após a publicidade -

Independente da proposta não ser aprovada, os Batistas do Sul mantém na declaração doutrinária, de 2000, que o cargo de pastor é apenas para homens. Assim, os opositores da ação argumentaram que a emenda não era necessária.

Isto porque a denominação já possui ferramentas para expulsar igrejas com pastorado feminino. Foi o que aconteceu, em 2023, por exemplo, com a megaigreja Saddleback da Califórnia.

Autor da emenda, o pastor Mike Law, da Igreja Batista de Arlington, na Virgínia, disse que há cerca de 1.800 mulheres pastoras em atuação na denominação. Ele citou passagens bíblicas que limitam o ofício pastoral aos homens. No entanto, ponderou que as mulheres podem servir em outras áreas na igreja.

“A nossa cultura pode considerar esta proibição dura, mas o nosso Deus é todo sábio e escreveu esta palavra para o florescimento de homens e mulheres”, destacou o pastor Mike. Com informações AP News

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -