31.9 C
Vitória
domingo, 24 outubro 2021

Batistas Brasileiros serão homenageados por deputados

Assembleia Legislativa do Espírito Santo fará uma homenagem ao aniversário de 150 anos de trabalho batista do Brasil. Sessão solene acontece hoje, 17

Por Priscilla Cerqueira

Um povo missionário! É assim que define uma das maiores denominações evangélicas do Brasil. Há 150 anos chegava os primeiros cristãos batistas em solo brasileiro. Por isso, deputados do Espírito Santo vão fazer uma sessão solene especial hoje, 17, às 19h30 em comemoração ao aniversário de 150 anos de trabalho batista do Brasil.

“O reconhecimento da sociedade ao trabalho que os batistas fazem e tem feito é muito honroso! Ao longo desse tempo os batistas têm primado pela continuação dos princípios da Bíblia, como a única regra de fé e de prática e responsabilidade para com as pessoas. E semear a palavra de Deus é o nosso principal trabalho”, declarou o pastor Sócrates Oliveira, diretor-executivo da Convenção Batista brasileira (CBB).

“As autoridades constituídas do Espírito Santo revelam uma enorme gentileza e nos encorajam a continuarmos impactando a sociedade brasileira – espiritualmente, educacionalmente e socialmente, completou o presidente da Convenção Batista brasileira, pastor Fausto Aguiar.

Uma trajetória de referência na ação social e na pregação do evangelho, tendo Jesus como a única fonte de esperança! São um século e meio de trabalho missionário com o intuito de ganhar a pátria para Cristo. Hoje a denominação conta com 33 convenções estaduais, 15 mil igrejas e congregações espalhadas pelo Brasil e 3,5 milhões de membros batistas.

“Rememorar, destacar e homenagear essa história é reconhecer a contribuição dos batistas brasileiros para o desenvolvimento das cidades e do estado. A denominação faz parte do processo de transformação social, de pessoas que são ressocializadas pelo evangelho libertador e poderoso”, destacou o pastor Diego Bravin, diretor-executivo da Convenção Batista do Estado do Espírito Santo.

Um pouco da história

PIB_Rio
Congregação reunida na Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, onde tudo começou. Foto: Patrícia Martins, Juiz de Fora (MG) (arquivo pessoal)

Com o fim da Guerra da Secessão (1861-1865) milhares de famílias da América do Norte fugiram em busca de uma nova vida na Europa e América do Sul, incluindo o Brasil e, com essa imigração, vieram alguns batistas que, ao chegar ao nosso país, especificamente em Santa Bárbara d’Oeste – SP, realizavam cultos em inglês nas casas.

Após algum tempo, sob a coordenação do pastor Richard Ratcliff, formou-se à primeira igreja batista na vila dos americanos, (que posteriormente foi emancipada como município de Americana) em 10 de setembro de 1871. Ali foi marcando o pioneirismo desta instituição religiosa em solo brasileiro que até então somente professava o catolicismo.

A partir destes pioneiros, denominação Batista se concretizou em vários outras cidades e capitais do Brasil, como Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo.

Alguns anos mais tarde, uma parte desse grupo de batistas, com apoio de outras igrejas já vigentes, letos da Igreja Batista de Nova Odessa e membros da Primeira Igreja Presbiteriana, uniram-se para formar, também de Santa Bárbara d´Oeste, fundando oficialmente, a Igreja Batista Memorial em Santa Bárbara d´Oeste no centro da cidade em 20 de março de 1955, em memória a primeira formação da Primeira Igreja Batista do Brasil.

Os Batistas no Brasil: uma história de 150 anos

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se