A emoção de um tataravô ao se batizar aos 90 anos

Momento em que o tataravô é batizado na igreja. Foto: Facebook

Lindy Cummings, o tataravô de 90 anos decidiu se batizar e se emocionou: “Nunca é tarde demais”.

Depois da conversão, o passo mais importante para o cristão é o batismo. Na Geórgia, EUA uma história trouxe comoção. Próximo de completar 91 anos, o tataravô, Lindy Cummings, resolveu se batizar. A notícia foi veiculada no facebook de Lyndsey Robinson.

Segundo uma publicação do site Faithwire, a decisão foi estimulada com o aumento dos problemas de saúde.

“Ele tem tido alguns problemas de saúde ultimamente. As palavras exatas dele foram: ‘Se eu morrer, sei que estou indo para o inferno’. Nosso pastor foi à casa dos meus bisavós, conversou com Pawpaw (apelido do tataravô) e orou com ele. Então, aceitou a Cristo e no dia 22, foi batizado na igreja”, contou a tataraneta.

Casado há mais de 70 anos com Mawmaw Margie, o tataravô tem 3 filhos, 7 netos, 14 bisnetos e um bisneto. “Ele criou uma família grande e decente. É honesto, sempre tentou fazer o certo por todos. Sempre trabalhou”, disse Lyndsey . Mas faltava a conversão à Cristo.

No dia do seu batismo, “Pawpaw Lindy”, como carinhosamente é conhecido, declarou. “Nunca é tarde demais”. No post do facebook a tataraneta escreveu. “Deus é bom, pessoal! Vocês podem pensar que é tarde demais, mas não é. Você pode pensar que está longe demais, mas não está”.

Repercussão

O caso do tataravô se batizado teve muita repercussão nos EUA. Usuários das redes sociais fizeram vários comentários. Muitos celebraram a vida de Lindy Cummings e glorificaram a Deus pela atitude.

Até o momento, a publicação já está com 5 mil reações e mais de 2.200 compartilhamentos. Lindsey ficou impressionada com a repercussão.

“É tão surpreendente para mim que a foto e a mensagem que eu publiquei sobre Pawpaw Lindy se tornaram virais. Não publiquei com a intenção de simplesmente ter muitas curtidas, compartilhamentos e comentários. Mas foi o que aconteceu”, escreveu.

*Com informações de Faith Wire


Leia mais

No Amazonas, 12 mil pessoas são batizadas