26.2 C
Vitória
segunda-feira, 26 outubro 2020

Banco Mundial: pandemia pode levar mais 150 milhões à extrema pobreza até 2021

Leia também

Vacina de Oxford produz em idosos resposta imunológica contra covid-19

A vacina de Oxford/AstraZeneca é uma das que estão com os testes mais avançados. Ela está na fase 3 dos ensaios clínicos

Etanol continua competitivo com gasolina, diz ANP

Na média dos postos pesquisados no País, a paridade é de 68,28% entre os preços médios de etanol e gasolina

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

Funchal disse que o teto dos gastos já endereçou o primeiro problema estrutural da questão fiscal brasileira

O Banco Mundial diz que pretende, ao lado de outras entidades, ajudar nesse processo pela retomada do crescimento “sustentável e inclusivo”

Por Gabriel Bueno da Costa (AE)

O Banco Mundial estima que a extrema pobreza pelo mundo crescerá em 2020 pela primeira vez em mais de 20 anos, diante dos problemas causados pela pandemia da covid-19 Em relatório, a instituição destaca que conflitos e a mudança climática já provocavam uma desaceleração nos avanços para reduzir a pobreza no mundo.

O novo coronavírus deve levar mais 88 milhões a 115 milhões de pessoas à extrema pobreza no mundo neste ano, com o total de prejudicados pelo problema batendo em até 150 milhões até 2021, a depender da severidade da contração econômica, diz o Banco Mundial. A instituição define a extrema pobreza como viver com menos de US$ 1,90 por dia e diz que as pessoas nesse grupo representarão entre 9,1% e 9,4% da população global em 2020, segundo o relatório Pobreza e Prosperidade Compartilhada, publicado a cada dois anos. “Isso deve representar uma regressão ante a taxa de 9,2% em 2017”, compara. Caso não tivesse havido a pandemia, a expectativa era de recuo na extrema pobreza para 7,9% da população do mundo em 2020.

Presidente do Banco Mundial, David Malpass afirma no relatório da entidade que, para reverter esse “sério revés” à redução da pobreza, os países precisam se preparar para uma economia distinta após a covid-19, ao permitir que capital, trabalho, habilidades e inovações se desloquem para novos negócios e setores. O Banco Mundial diz que pretende, ao lado de outras entidades, ajudar nesse processo pela retomada do crescimento “sustentável e inclusivo”.

O relatório também conclui que muitos dos novos pobres estarão em países já com taxas altas de pobreza. “Uma série de países de renda média verão números significativos de pessoas recuarem para baixo da linha da extrema pobreza”, diz o Banco Mundial. Cerca de 82% do total será em países de renda média, aponta a estimativa.

Na América Latina e no Caribe, a expectativa do Banco Mundial é que ao fim de 2020 a taxa de pobreza extrema esteja em 4,2% da população, ou 27,5 milhões de pessoas. Em 2017, ela estava em 3,9%, ou 24,4 milhões.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Vacina de Oxford produz em idosos resposta imunológica contra covid-19

A vacina de Oxford/AstraZeneca é uma das que estão com os testes mais avançados. Ela está na fase 3 dos ensaios clínicos

Ajuste fiscal passa por reformas que aumentam produtividade, diz Bruno Funchal

Funchal disse que o teto dos gastos já endereçou o primeiro problema estrutural da questão fiscal brasileira

Covid-19: Anticorpos duram sete meses no organismo

Estudo com 6 mil pessoas mostrou que os infectados pela covid-19 geram uma reação imunológica adequada. Saiba mais!

Consórcio para comprar vacina esbarra em problema político, dizem especialistas

A vacina produzida pela Sinovac BioTech com o Instituto Butantan deve estar disponível, provavelmente, em janeiro, disse Vecina

Taxa de desemprego subiu de 13,6% em agosto, diz IBGE

O contingente de inativos diminuiu de 75,2 milhões em agosto para 74,1 milhões em setembro, uma redução de 1,5%

Governo revisará projeção de queda do PIB para 2020 em novembro, diz secretário

"Todos os indicadores de atividade mostram um forte recuperação em V da economia", afirmou Waldery

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Semana dos manuscritos do Mar Morto; Saiba mais!

Arqueólogos e especialistas vão apresentar um dos mais impactantes achados da humanidade, na semana dos manuscritos do Mar Morto. Evento, que começa nesta segunda,19, é gratuito!

Live Solidária “Um Com Eles” em Libras

A live solidária, realizada pela Portas Abertas, será transmitida pelo Facebook, e estará acessível a todos que entendem a língua brasileira de sinais. Saiba mais!

Desafio Superação em corrida virtual; É neste domingo, 18

Em alusão ao Outubro Rosa, o Desafio Superação vai mobilizar mulheres cristãs de todo o Brasil em prol da saúde. Saiba mais!

Vovô Raul Gil recebe artistas gospel em live; Saiba mais

A live gospel do Vovô Raul Gil será no dia 21 de outubro e vai reunir personalidades e artistas evangélicos. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

“Sentido” é o novo álbum musical de Leonardo Gonçalves

Gravado em Praga, na República Tcheca, álbum conta as canções que marcaram os mais de 20 anos de carreira de Leonardo Gonçalves

Respostas simples para questões complexas sobre a fé cristã

"Cristianismo bem explicado" é o quarto livro da série da Mundo Cristão, dedicada a esclarecer pontos difíceis sobre convívio social, Bíblia e teologia.

Kemuel fará reality; Novidade será anunciada em live

Isadora Pompeo, Rebeca Carvalho, Sarah Beatriz, Neil Barreto, Felipe Vilela e Pyero Tavolazzi são alguns dos convidados da live com Kemuell neste domingo, 25

Lenda da indústria da música, Mariah Carey e o despertar da fé

Em seu livro "The Meaning of Mariah Carey" (O significado de Mariah Carey), a cantora pop , Mariah Carey, disse que depois de encontrar o Espírito Santo durante sua juventude, sua fé em Deus foi despertada. Saiba mais!