19.9 C
Vitória
sexta-feira, 18 junho 2021

Banco Mundial destaca política comercial brasileira no combate à Covid-19

Instituição multilateral elenca o Brasil entre um dos países com as melhores práticas comerciais para enfrentar a pandemia. Saiba mais!

O Banco Mundial acaba de lançar um documento que ressalta o papel do comércio internacional na mitigação dos impactos do coronavírus. A instituição argumenta que a manutenção dos fluxos de comércio será crucial para o suprimento de itens médicos e alimentos. Por isso é importante limitar impactos negativos sobre empregos e nível de pobreza em escala global.

O documento do Banco Mundial relaciona um conjunto de boas políticas públicas que ajudam a mitigar os efeitos da pandemia. Intitulado The World Bank Trade and Covid-19 Guidance Note: Managing Risk and Facilitating Trade in the Covid-19 Pandemic (A Nota de Orientação sobre Comércio e Covid-19 do Banco Mundial: Gerenciamento de riscos e facilitação do comércio na pandemia de Covid-19).

Exemplo 

O trabalho do Banco Mundial coloca o Brasil como “Exemplo 1” no quadro “Melhores Práticas em Lidar com a Covid-19”. A publicação destaca as políticas de redução tarifária, facilitação de comércio e agilização alfandegária adotadas pelo governo brasileiro como exemplos que devem ser seguidos.

O Banco Mundial se refere a medidas como a  Resolução No. 17 (de 17 de março de 2020) do Ministério da Economia (Camex), que reduziu a zero o Imposto de Importação de produtos médicos e hospitalares para o combate ao coronavírus.

A Resolução também determina que órgãos da Administração Pública Federal que exerçam atividades de licenciamento, controle ou fiscalização de importações adotem tratamento prioritário à liberação das mercadorias.

Desde 17 de março, o governo brasileiro já implementou medidas de política comercial que reduziram a zero tarifas de importação de 136 itens para o enfrentamento à Covid-19.

*Da Redação, com informações do Governo Federal. 

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se