31.9 C
Vitória
domingo, 24 outubro 2021

Augustus Nicodemus: “Não desperdice os recursos dados por Deus”

“Priorize o uso do seu dinheiro. Você não é o dono, mas mordomo. Então, prestará contas ao Senhor”, alerta o pastor

Por Patricia Scott 

Na sociedade atual, o consumismo tem feito parte do comportamento de jovens e adultos. O consumo em demasia e, muitas vezes, ilimitado, tem gerado problemas não somente financeiro, mas também de relacionamento, inclusive entre os cristãos.

Sobre esse tema atual e pertinente, o pastor presbiteriano Augustus Nicodemus, compartilhou uma reflexão em seu canal no YouTube. Ele respondeu à pergunta: “Como o cristão deve administrar o seu dinheiro?’.

“Existem muitos princípios na Bíblia a respeito da administração doméstica. Na verdade, não precisa ir nem para a Bíblia. Uma regra básica é: ‘você não deve gastar mais do que ganha’, porque se você gasta mais do que ganha, vai entrar em dívida”, frisou Nicodemus.

Nicodemus: “Priorize o uso do seu dinheiro” – Foto: Reprodução

Após o conselho básico de cautela antes de efetuar as compras, ele advertiu sobre a frequência no consumismo. “Se você faz isso regularmente, essa dívida vai aumentando, até que finalmente você vai entrar numa situação muito difícil, muito complicada”.

Humidade. É esse olhar, que segundo Augustus Nicodemus, o cristão deve ter para os recursos financeiros. “Os princípios bíblicos para o uso do dinheiro são estes: primeiro, você reconhecer que não é o dono do seu dinheiro, mas mordomo. Você administra os bens que Deus lhe deu. Portanto, prestará conta diante de Deus pelo uso que você faz”.

Nicodemus orientou como o cristão deve investir os seus recursos financeiros. “Use uma parte do seu dinheiro para suprir as suas necessidades e as da sua família. Use outra parte do seu dinheiro para investir no Reino de Deus, para ajudar a obra de evangelização, para o sustento da Igreja. E também utilize uma parte para ajudar os pobres e os necessitados”, elencou.

Augustus Nicodemus, para finalizar, fez um alerta: “priorize o uso do seu dinheiro”. Ele advertiu mais uma vez que é preciso ter cuidado com o consumismo. “Não desperdice os recursos dados por que Deus comprando coisas que você não precisa ou investindo somas grandes em coisas que não vão durar”, ressaltou e exemplificou: “Gastar milhares de reais em uma viagem quando você teria contas a pagar, ou problemas a resolver”. Para finalizar, ele pontuou que “muito da mordomia cristã requer bom senso”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se