22.9 C
Vitória
segunda-feira, 20 setembro 2021

Atletas com covid-19 receberão medalhas na Olimpíada, diz COI

O anúncio foi feito na capital japonesa, durante visita de diretores da entidade a pouco mais de mês do início do evento e destacou novos pontos do “Playbook”, o livro de normas

O diretor de esportes do Comitê Olímpico Internacional (COI), Kit McConnell, anunciou em entrevista coletiva nesta terça-feira que os atletas que testarem positivo para a covid-19 não serão desclassificados das competições nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. O anúncio foi feito na capital japonesa, durante visita de diretores da entidade a pouco mais de mês do início do evento e destacou novos pontos do “Playbook”, o livro de normas.

Os competidores que forem infectados pelo novo coronavírus e não puderem disputar suas provas serão reconhecidos como DNS (“Do Not Start”, não começou em português). Em alguns casos, como o badminton e o tênis, que são competições de longa duração, um atleta que chegue à final e teste positivo terá garantida a medalha de prata.

McConnell afirmou que cada esporte terá as suas próprias regras e elas podem ser um pouco diferente entre si, porém o COI fez um plano com cada federação para garantir consistência e homogeneidade nas decisões. Em algumas modalidades, a vaga do atleta pode ser redistribuída. Caso um semifinalista teste positivo, ele será substituído por um outro competidor eliminado na fase anterior.

Essa ideia não funciona no judô, por exemplo, já que eliminatórias e finais acontecem no mesmo dia. O diretor ainda ressaltou que o COI fez 13 eventos testes entre abril e maio, segundo ele, todos bem sucedidos.

“O time ou atleta que não puder participar das semifinais seria substituído, se possível, pelo time que jogou nas quartas de final. No ponto final desse quebra-cabeças, atletas e equipes não devem perder o resultado mínimo que teriam obtido. Se um atleta tivesse participado de um evento de medalha, mas não pode, ele receberá o nível mínimo de medalha que teria recebido, por exemplo, em uma final”, explicou McConnell.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se