25.4 C
Vitória
quarta-feira, 8 julho, 2020

Até que as finanças nos separem!

Mais lidas

Queimadas na Amazônia será proibido por quatro meses

Sob pressão de empresários e fundos de pensão internacionais, governo Bolsonaro prepara decreto com moratória para queimadas legais

Correios lançam selos em homenagem a ações de combate à pandemia

Em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), são seis selos assinados pelo artista Alan Magalhães.

Celso de Mello arquiva notícia-crime contra Augusto Heleno

Ministro do Supremo disse ser obrigado a seguir parecer da PGR. Saiba mais!

Reabertura das agências do INSS é adiada para dia 3 de agosto

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Confira!

“Quando deixei de lado o amor e passei a ter obsessão pelo dinheiro, acabei afastando-me de Deus”

Esta é uma frase que muito se escuta por todos os lados: ‘Até que o dinheiro não acabe o casamento consegue ficar de pé’; parece que tem sido uma verdade na vida de muitos casais. A busca desenfreada pelo dinheiro, o fascínio por querer acumular bens, no afã de ser visto no “pódio da fama”, parece ser a realidade mais exposta diante desses dias em que o capitalismo domina de maneira assustadora.

O dinheiro, de fato, ganhou o “prêmio” de ser uma vitrine fascinante na vida de todos que vêm dando cada vez mais espaço e atenção para ele. Por que o dinheiro é uma das maiores fontes de transtornos na vida de um casal? Onde fica o amor apaixonado, diante do vital metal? Acredito que a resposta começa no namoro, quando, em um determinado tempo, os “pombinhos” apaixonados percebem que são totalmente diferentes em relação à administração do dinheiro. Um é “água” e o outro é “óleo”. Na relação quanto ao dinheiro, um jugo totalmente desigual.

A impressão que se tem não é outra senão a de muitos casais correndo loucamente atrás do dinheiro, tentando cada vez mais melhorar de vida e adquirir bens e, depois de conseguirem tal objetivo, acabam se separando. Pesquisas afirmam que 50% das famílias americanas discutem por causa do dinheiro. Fico imaginando: se a maior potência mundial vive esta realidade, imagine o Brasil e demais países.

Com certeza, o ponto nevrálgico se deve à falta da boa e conscienciosa administração das finanças. O dinheiro é uma bênção quando o casal sabe colocá-lo em seu devido lugar. No entanto, pode ser uma desgraça quando ocupa o lugar em que Deus deveria estar.

O escritor Rubens Alves disse que o dinheiro, desde que foi inventado, passou a ser um forte concorrente de Deus na vida das pessoas. Vários casais vêm dando tanto espaço, tempo e valor ao dinheiro que Deus começou a perder o seu lugar, e consequentemente, como colheita, tais casais vêm perdendo tudo.

Jesus falou: sem mim nada podeis fazer. Embora a Bíblia afirme que o homem pode ser bem-sucedido, próspero através da escada do trabalho, fidelidade a Deus, coração generoso, somados a uma sábia e boa administração financeira, no entanto, muitos, por causa da ganância exarcebada, vêm fazendo do dinheiro um deus.

A senadora Heloisa Helena afirmou: “Está na Bíblia, que ou serve a Deus ou ao demônio. Portanto, quem serve ao capital vai virar churrasco do demônio” (revista Enfoque, julho de 2006, p.10). Quem é o seu Deus?

M. Lutero afirmou que “já tive muitas coisas em minhas mãos, mas acabei perdendo-as todas. No entanto, tudo que coloco nas mãos de Deus continua sendo meu para sempre.”

É exatamente esse o maior drama do homem diante de um mundo capitalista. Eis a grande questão. Como separar o coração do dinheiro e devotá-lo tão somente ao Criador, e ao mesmo tempo usar o dinheiro com sabedoria? É possível! Podemos amar – e como devemos cultivar este sentimento, o mais belo nobre da vida – com uma grana ao lado. Se o amor já é um mel, com certeza, será transformado em um “melado”. Cultivar o amor, e ser vigilante com a grana, seja ela um “grão” ou uma “montanha”, sem ter nenhum sentimento por ela, a não ser a necessidade dela para a sua vida aqui nesta terra, mostrará a sua inteligência e o fará um homem sempre bem-quisto e bem-visto aos olhos de Deus.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Show drive-in do 3 Palavrinhas esse mês; Saiba mais!

O grupo infantil 3 palavrinhas vai se apresentar na Arena Sessions, no estádio Allianz Parque, em São Paulo dia 19 de julho Atenção criançada! O...

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Plugue-se

“Cristo em você”: Como a mudança de Deus vive através de milagres

 Filme até destaca como Deus trabalha nas nações europeias seculares.

Ator TC Stallings relata como conheceu Jesus em documentário

O filme vem após TC Stallings perder sua mãe e avó neste ano. Ele dedicou o documentário à sua mãe que morreu em 15...

Tito e Gabriella e Casa Worship cantam “Máscaras”

Música já está disponível em todas as plataformas de streaming. Tito e Gabriella e Casa Worship gravaram a música ao vivo em Goiânia

“Bíblia de Estudo Swindoll”: mais compreensão e curiosidades

Além de facilitar a compreensão, a "Bíblia de Estudo Swindoll" traz curiosidades sobre o livro mais vendido do mundo