27.9 C
Vitória
segunda-feira, 1 março 2021

Ataques contra cristãos se intensificam em Moçambique

O governo vai permitir investigação às violações de direitos humanos. Os cristãos são o principal alvo de ataques de grupos jihadistas em Moçambique

Os cristãos de Moçambique estão passando por ondas de violência cada vez maiores no país. A Anistia Internacional já interviu nas centenas de casos de ataques contra essa população e pediu ao governo que tomasse providências. O governo moçambicano vai permitir investigações às violações de direitos humanos.

Um relatório intitulado “Moçambique, Insurgência Islâmica”, organizado pela Portas Abertas em julho deste ano, mostra que nos primeiros seis meses de 2020 houve um aumento significativo no número de ataques de grupos radicais islâmicos, e o uso de armas mais sofisticadas aumentou sua intensidade.

Desde o início da insurgência em 2017, mais de duas mil pessoas foram mortas e mais de 560 mil cidadãos foram deslocados, expulsos de suas casas e cidades.

Em incidente mais recente, em 6 de novembro, jihadistas tiveram como alvo a vila de Nanjaba, ao norte do país. Eles chegaram ao local durante a noite e, aos gritos de “Alá é o maior”, queimaram casas. Uma testemunha disse ao portal americano Mediafax que “não sobrou nada em Nanjaba”.

Nesse ataque, os agressores decapitaram duas pessoas e sequestraram seis mulheres. Quando voltaram para o acampamento na área costeira, eles também atacaram a aldeia Napala, onde queimaram cabanas e assassinaram mais três pessoas. Esse foi o segundo ataque no vilarejo, de acordo com o jornal de notícias australiano Special Broadcasting Service (SBS, da sigla em inglês). De acordo com o Mediafax, não houve tentativa de contingência por parte das forças de segurança do país.

Relatório

O relatório alerta ainda que, se uma solução sustentável para os problemas de Cabo Delgado não for encontrada em breve, ela poderá se transformar em uma crise nacional e potencialmente regional, com repercussões para cristãos e não cristãos. As iniciativas de saúde e educação administradas pela igreja, que serviram a região marginalizada e negligenciada, estão em risco.

O ataque à cidade portuária de Mocimba da Praia, na fronteira com a Tanzânia, em 27 e 28 de junho, foi o quarto desde o início da insurgência islâmica na província de Cabo Delgado em 2017.

Por horas, os insurgentes assolaram as ruas, causando mortes e destruição quando entraram em conflito com as forças do governo. Uma igreja local, uma escola secundária e o hospital distrital – assim como casas, carros e lojas – foram incendiados. Quando a bandeira negra do Estado Islâmico foi erguida, as pessoas fugiram para salvar suas vidas, deixando para trás uma “cidade fantasma”.

“Muitas pessoas foram sequestradas pelo grupo”, disseram fontes locais. “Acredita-se que o ataque foi feito realizar casamentos forçados, trabalho forçado e recrutamento de pessoas para as fileiras do grupo”.

Perseguição cristãos

O principal grupo islâmico ativo na província de Cabo Delgado é Ahl al-Sunnah wa al-Jamma’a, ou ASWJ, que começou a perseguir os cristãos quando se alinhou com o Estado Islâmico em 2019.

Segundo o Relatório da Portas Abertas, os cristãos enfrentaram assassinatos, saques de suas casas e empresas e destruição de igrejas. Além disso, segundo o documento, os problemas socioeconômicos podem estar no centro do conflito, mas a resolução do conflito precisará de uma abordagem holística, onde o papel da religião não seja esquecido.

“O grupo conduziu ataques que são consistentes com o que os jihadistas de outras regiões vêm fazendo”, dizem os pesquisadores. “Ele tem o apoio de um grupo jihadista internacional. O Estado Islâmico até assumiu a responsabilidade por alguns dos ataques. Alguns dos vídeos gravados pelo grupo foram incorporados aos vídeos de propaganda do EI.

Lista de Países em Observação

Moçambique ocupa o 66º lugar na Lista de Países em Observação. O ranking é uma continuidade da Lista Mundial da Perseguição, que classifica os países que mais perseguem cristãos no mundo, publicada anualmente pela Portas Abertas.

Cristãos em Moçambique enfrentam perseguição como resultado da influência da militância islâmica no nordeste do país. No contexto da atual insurgência islâmica e contra insurgência, cristãos são alvejados e atacados.

Estupro, tortura e outros crimes são cometidos contra cristãos pelos jihadistas. A destruição de propriedades de cristãos e igrejas na região de Cabo Delgado tem causado uma séria crise humanitária nessa parte do país.

*Com informações de Portas Abertas

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Histórico na Suprema corte do Brasil! Os 130 anos do STF

Um site com informações e toda história do STF, com depoimentos de ministros, foi lançado para celebrar os 130 anos da corte no período republicano. Saiba mais!

Em breve, novo projeto da dupla André e Felipe

O novo projeto musical da dupla sertaneja gospel, André & Felipe deverá ser lançada ainda no primeiro semestre. Saiba mais!

Suellen Lima e Leandro Borges em “Faces do Deserto”

A música fará parte de um futuro EP de Suellen Lima intitulado como "No Secreto"

Graça Music de olho nos jovens talentos gospel do Brasil

Gravadora Graça Music apresentou pacote de contratações nesta semana. São os novos jovens talentos gospel do Brasil. Saiba mais!

Passivos ou resolutos?

Como nós, pais cristãos, devemos posicionar com nossos filhos. Saiba mais!

Sri Lanka: ONU alerta sobre deterioração dos direitos humanos

Impunidade, discurso de ódio e militarização do governo estão ameaçando os direitos humanos no país. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Voluntariado no exterior para jovens universitários; Saiba mais!

Organização IYF abre inscrições de voluntariado no exterior para jovens universitários A Organização International Youth Fellowship- IYF(comunhão internacional de jovens), é uma organização com base...

Franklin Graham no Brasil para o “Esperança Rio 2021”

Lançamento do "Esperança Rio 2021" será em Maio e em dezembro a ação evangelística, que terá participação do evangelista Franklin Graham. Saiba mais!

Deive Leonardo ministra em São Paulo fim de semana

O evangelista Deive Leonardo retorna com suas apresentações na capital Paulista nesta sexta-feira, 19 e neste sábado, em Barueri (SP). Saiba mais!

Começou a 23ª edição da Consciência Cristã; Saiba mais!

Consciência Cristã inicia hoje e reúne evangélicos para debater educação, fé, ciência e justiça social. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Natthália Gonçalves e sua admiração pelas histórias bíblicas

A atriz mirim, Natthália Gonçalves interpreta a personagem Chaya, na novela Gênesis, que é exibida pela TV Record

Deive Leonardo grava primeira série do ano em Florianópolis

Com o tema "Alvorecer", a primeira série gravada de Deive Leonardo promete levar a esperança de um recomeço e de um novo dia. Evento acontece no próximo sábado, 27. Saiba mais!

Cantora Amanda Wanessa sai da UTI

Pelas redes sociais, o marido da cantora, Dobson Santos contou que Amanda Wanessa foi transferida para o quarto: “o milagre está cada vez mais perto”, declarou. Saiba mais!

Deive Leonardo vai se apresentar em Brasília e Goiânia

O evangelista se apresenta na próxima terça-feira, 16, em Brasília e em Goiânia, prometendo trazer importantes reflexões para o público. Saiba mais!