23.6 C
Vitória
quarta-feira, 27 janeiro 2021

Ataques de radicais impulsionam o crescimento do cristianismo

Ofensivas ligadas a grupos terroristas estão acontecendo toda semana na África, deixando a segurança local bastante preocupada com a vasta área do continente.

Isso está afetando as atividades de igrejas em várias regiões. Mas o Reverendo Reuben E. Ezemadu, Coordenador do Movimento de Iniciativas Nacionais Africanas (MANI), uma iniciativa que visa mobilizar as igrejas africanas para o envio de missionários africanos, disse ao World Watch Monitor que a violência tem pelo menos um inesperado efeito positivo: impulsionar o trabalho missionário na África.

“A violência constitui um verdadeiro desafio para as igrejas e o trabalho missionário. Por outro lado, as pessoas que fogem dessa violência podem chegar a lugares onde são alcançadas pelo Evangelho”, disse ele. “Um exemplo: a viúva de um missionário morto pelo Boko Haram, no nordeste da Nigéria, que vive agora em Ibadan, no sul, se envolveu com um novo convertido de origem muçulmana, que veio para a nossa escola para treinamento em missão”, contou.

“Eles se casaram em setembro do ano passado. Mais tarde, eles descobriram que em um distrito de Lagos, existem Kanuris (uma etnia originalmente do estado de Borno) vivendo por lá. Agora eles estão empenhados no trabalho missionário, chegando aos Kanuris em Lagos”, ressaltou.

Aumento dos ataques

O reverendo Ezemadu diz que há agora muitos missionários entre os grupos de refugiados internos e que muitos muçulmanos se converteram ao cristianismo. “O aumento dos ataques está fazendo com que alguns muçulmanos passem a detestar sua religião”, diz ele. “Nós os abordamos com algumas perguntas que fazem eles refletirem, como: ‘É realmente uma religião de paz?’, ‘É realmente o que devemos seguir?’”, contou.

“E ao entrarem em contato com os cristãos, que mostram o amor de Deus, a maioria deles acaba se voltando para Cristo. Ouvimos histórias sobre como Deus visitou algumas dessas pessoas por meio de milagres”, pontuou o reverendo que aproveita para relembrar a história de Estêvão, o primeiro mártir cristão, e do apóstolo Paulo, que foi um perseguidor de cristãos.

“Deus poderia ter impedido que Estêvão fosse morto, mas Ele o deixou ser morto para que o Evangelho pudesse ir além de Jerusalém”, diz ele. “E então Ele deixou alguém como Paul vir a bordo, a fim de fazer mais coisas. Consideramos Paulo como o primeiro militante do Boko Haram. Sua mensagem era: “Você está seguindo o cristianismo. Por causa disso, você vai morrer’. Isso é o que Boko Haram está fazendo agora. Mas Deus usou Paulo para levar o Evangelho a diferentes lugares”, comentou.

“Fora de nossa crise, algo grande virá. Durante anos as igrejas estavam focadas em converter pessoas e reivindicar territórios, sem fazer discípulos. A crise vai agora forçá-los a se voltarem para Cristo e ser dependente dEle”, finalizou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Ataques contra cristãos se intensificam em Moçambique

O governo vai permitir investigação às violações de direitos humanos. Os cristãos são o principal alvo de ataques de grupos jihadistas em Moçambique. Saiba mais!

Edição 279

O caso da menina de 10 anos que engravidou após ser violentada por um tio em São Mateus, interior do Espírito Santo e teve o aborto autorizado pela justiça, chamou atenção para a triste estatística de casos de abuso sexual em crianças no Brasil. E a igreja diante disso?

Do ateísmo para o cristianismo: a jornada de C. S. Lewis em filme

C.S Lewis é um dos escritores mais admirados e reconhecidos do mundo quando se fala em histórias de fantasia. Saiba mais!

Ataques de grupos do Estado Islâmico crescem na África

Um relatório sobre terrorismo apontou que na África Subsaariana, grupos ligados ao Estado Islâmico estão cada vez mais ativos. Saiba mais!

Edição 278

O caso da menina de 10 anos que engravidou após ser violentada por um tio em São Mateus, interior do Espírito Santo e teve o aborto autorizado pela justiça, chamou atenção para a triste estatística de casos de abuso sexual em crianças no Brasil. E a igreja diante disso?

Saiba mais sobre o cristianismo em alguns livros

No Dia do Evangélico Comunhão selecionou 10 livros para estudar e conhecer mais sobre o cristianismo. Saiba mais!

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro para a Consciência Cristã em fevereiro; Saiba mais!

Pela primeira vez em mais de duas décadas, o tradicional encontro para a Consciência Cristã será realizado online.

The Send online será neste sábado, 9

Um dos maiores eventos de louvor, adoração evangelismo no mundo, o The send, costuma reunir milhares de pessoas. Saiba mais!

Passion Conference no último dia do ano; Saiba mais!

O cantor Fernandinho é o único artista brasileiro a participar da Passion Conference. Saiba mais!

Aulas criativas e transformadoras sobre a Bíblia

Para quem ensina a Bíblia, mas tem dificuldade no preparo das aulas, um workshop gratuito será apresentado pelo pastor Lécio Dornas, em janeiro. Saiba mais!
- Publicidade -

Plugue-se

Glorify, o app para meditações e devocional diário

Criado em 2019 na Inglaterra, o app Glorify acaba de chegar ao Brasil na versão em português. Trata-se de um app voltado para reflexões, meditações guiadas, orações e passagens bíblicas.

Fé na caminhada cristã! Fernandinho batiza os filhos

Ao lado do pastor Rodrigo Oliver, Fernandinho batizou seus filhos neste domingo, 17 e escreveu no instagram: "Um dos melhores dias das nossas vidas", escreveu o artista.

Vietnã ganha a primeira Biblioteca pública cristã

Vietnã ocupa a 19 colocação na Lista Mundial da Perseguição de 2021, da Portas Abertas. Saiba mais!

“A Deus seja a glória”, Nani Azevedo sai do hospital

Internado há vários dias por complicações de covid-19, o cantor Nani Azevedo recebeu alta hospitalar nesta sexta-feira, 15.