19.9 C
Vitória
segunda-feira, 22 abril 2024

Arrecadação soma R$ 205,475 bi, maior valor da série para meses de outubro

Mercado-Financeiro_Comunhão
Montante representa um avanço real de 9,35% de arrecadação na comparação com os primeiros 10 meses do ano passadoMontante representa um avanço real de 9,35% de arrecadação na comparação com os primeiros 10 meses do ano passado - Foto: Reprodução

Montante representa um avanço real de 9,35% de arrecadação na comparação com os primeiros 10 meses do ano passado

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 205,475 bilhões em outubro, conforme divulgação da Receita Federal. O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 7,97% na comparação com o mesmo mês de 2021.

Em relação a setembro deste ano, houve aumento real de 22,84% no recolhimento de impostos. O valor arrecadado no mês passado foi o maior para meses de outubro desde o início da série histórica, em 1995.

No acumulado do ano, a arrecadação federal somou R$ 1,836 trilhão, o maior volume para o período desde o início da série histórica, em 1995.

O montante representa um avanço real de 9,35% na comparação com os primeiros 10 meses do ano passado.

- Continua após a publicidade -

Desonerações

As desonerações concedidas pelo governo resultaram em uma renúncia fiscal de R$ 114,924 bilhões entre janeiro e outubro, valor maior do que em igual período do ano passado, quando ficou em R$ 77,597 bilhões.

Apenas em outubro, as desonerações totalizaram R$ 11,964 bilhões, também acima do registrado no mesmo mês do ano passado (R$ 5,826 bilhões).

Com informações de Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -