26.2 C
Vitória
sábado, 10 abril 2021

Argentina: parlamento homenageia pastores vítimas de covid-19

Em sessão virtual, o parlamento argentino homenageou 38 pastores evangélicos do país, que morreram de covid-19. Argentina tem quase 1,5 milhão de casos

O Congresso Nacional da Argentina resolveu fazer uma homenagem especial aos 38 pastores evangélicos do país que morreram de covid-19, durante uma sessão virtual. A autora da homenagem foi a deputada cristã, Dina Rezinovsky, do partido da Proposta Republicana (PRO).

A parlamentar começou seu discurso citando uma extensa lista de nomes de pessoas que tinham sido responsáveis por várias igrejas, mas morreram por Covid-19.

“Esses nomes não são tão conhecidos como Maradona, mas representam centenas de homens e mulheres de fé que morreram durante este ano de pandemia. Esses nomes podem não significar nada para você, mas para suas comunidades e as cidades em que você viveu, eles têm ”, disse a deputada.

Rezinovsky destacou que a morte dos pastores trouxe a “perda de um povo bom que impactou a vida das comunidades onde viviam”. “O serviço que as igrejas evangélicas realizam há mais de um século em nosso país é nobre, desinteressado e incide nos setores mais vulneráveis da sociedade”, frisou.

Solidariedade

Durante a homenagem, a deputada também mencionou uma iniciativa de solidariedade denominada “Seamos Uno”, da qual participou o Conselho de Pastores de Buenos Aires, que distribuiu mais de um milhão de caixas de alimentos.

“Durante esses meses de quarentena, as igrejas foram fechadas, mas o culto estava mais aberto do que nunca”, concluiu.

*Com informações de Premier

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se