24.6 C
Vitória
sexta-feira, 5 junho, 2020

Após troca por prisioneiros, meninas sequestradas pelo Boko Haram são resgatadas

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

‘Forbes’ divulga a lista de celebridades mais bem pagas do mundo

Neymar é o único brasileiro que está entre as celebridades mais bem pagas do mundo

Em vigília de oração, Max Lucado afirma que há esperança em Jesus

Max Lucado participa de vigília de oração por George Floyd e pede aos americanos que se voltem para Cristo

Governo discute se empregará Força Nacional em manifestações de domingo

O governo federal vai discutir a necessidade de empregar a Força Nacional de Segurança Pública nos protestos do domingo, 7, quando estão previstos atos a favor e contra o presidente Bolsonaro

Senado aprova uso obrigatório de máscara em todo o País

O Senado aprovou nesta quinta-feira, 4, projeto de lei que obriga o uso de máscaras em locais públicos e privados enquanto durar a emergência de saúde pública causada pelo novo coronavírus.

Um grupo de 82 meninas, grande parte delas cristãs, que foram sequestradas há mais de três anos pelo Boko Haram, puderam ser resgatadas.

Depois negociações entre o governo e os militantes do grupo extremista muçulmano, essas meninas foram resgatadas. Em 14 de abril de 2014 mais de 200 meninas que estudavam em uma escola na cidade de Chibok, na Nigéria, foram sequestradas pelos soldados do grupo extremista Boko Haram, que é contra – dentre outras coisas – o acesso de mulheres ao estudo. O termo “boko haram” significa “a educação ocidental é pecaminosa”.

Em outubro de 2016, um grupo de 21 meninas já havia sido liberada pelos extremistas, mediante negociações com o governo. Agora, outras 82 foram resgatadas, segundo informações da Missão Portas Abertas e do portal Hello Christian.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha, juntamente com o governo suíço e outras organizações não-governamentais (ONGs) internacionais, auxiliaram nas negociações, que contaram também com o envolvimento dos militares nigerianos.

As autoridades da Nigéria admitem que a libertação das meninas se deu através da troca por militantes do Boko Haram que haviam sido capturados pelas forças do governo.

Resgate

No último domingo, 07 de maio, as 82 meninas chegaram a Abuja, capital da Nigéria, de helicóptero, para serem recepcionadas pelo presidente do país, Muhammadu Buhari, que foi eleito em 2015 com a promessa de combater o Boko Haram.

Os nomes das 82 meninas libertas ainda não foram divulgados oficialmente. Na cerimônia, muitos pais que tiveram filhas sequestradas não sabiam se as veriam, pois o governo optou por manter sigilo até o instante final.

“Estamos felizes pelas famílias e continuamos com o coração voltado para as demais 114 meninas que permanecem em cativeiro”, afirmou um dos representantes da campanha “Bring Back Our Girls” (“tragam nossas garotas de volta”, em tradução livre).

Uma das entidades missionárias presentes no país, a Portas Abertas mantém o trabalho por lá, mesmo sob intensa perseguição. A Nigéria, que há poucos anos gozava de convivência pacífica entre cristãos e seguidores de Maomé, agora figura na 18ª colocação da lista que enumera os 50 países mais perigosos para um cristão viver.

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Encontro Sepal em nova data

A data do encontro Sepal, que aconteceria em maio foi alterada para setembro. Medida foi tomada de acordo com as práticas para o enfrentamento da propagação do coronavírus

Vila Mix em Casa Gospel com grandes nomes

Grandes nomes do meio evangélico do Brasil como André Valadão e Deive Leonardo vão participar do VillaMix em Casa Gospel. Evento será transmitido pelo youtube. Saiba mais!

“Carreata da solidariedade”, Marcha para Jesus em SP

Realizada pela organização da Marcha para Jesus, a ação foi batizada de “Carreata da Solidariedade” e será realizada no dia 13 de Junho

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Cristianismo pós-pandemia: Impacto e oportunidades

Livro, da editora Vida, reuniu onze especialistas do meio evangélico no Brasil, que discutem pontos cruciais dos efeitos da pós-pandemia O planeta Terra parou por...

Kemuel e Lukas Agustinho em “Algo Novo”; ouça canção

A canção é o primeiro single do novo projeto do grupo, o Kemuel Worship Filhos: lado B

Devocional para profissionais de saúde

Na linha de frente do combate ao Covid-19, os profissionais de saúde têm se exposto a riscos a fim de cumprir sua heroica vocação

Música evangélica de luto! Morre a cantora Fabiana Anastácio

Fabiana Anastácio, 45 anos, estava internada em um hospital de São Paulo e teve complicações após contrair a doença por ser hipertensa, obesa e diabética