28.8 C
Vitória
terça-feira, 23 abril 2024

Após ser preso injustamente, pastor é liberto em Bangladesh

Imagem ilustrativa - Foto: unsplash

O ex-mulçumano foi preso junto com 18 pessoas e deixou a prisão sob fiança

Por Marlon Max

Na última semana, a Portas Abertas relatou a prisão do pastor Samsuddin, cristão ex-mulçumano de Bangladesh. Junto com outras 18 pessoas, ele foi acusado de fazer parte do Jamaat-e Islam, um partido político religioso conhecido por ser antiestado em Bangladesh.

Em outubro, o pastor Samsuddin, que também é veterinário, participava de um treinamento veterinário no Hospital Darus Shifa com outros profissionais. Policiais invadiram o hospital e prenderam todos os veterinários que estavam no local. Eles foram acusados de realizar reuniões secretas contra o Estado.

Segundo relata Portas Abertas, Samsuddin é um veterinário conhecido na aldeia há muitos anos. Ele faz trabalhos pastorais e compartilha o evangelho sempre que pode. A esposa dele ajuda membros da comunidade local a ler e escrever. O casal é conhecido por ser muito ativo no ministério.

Na última terça-feira, 9 de novembro, Samsuddin foi liberto após pagamento de fiança. Ele afirmou que estava confiante no Senhor que sairia da prisão pois não fez nada de errado. “Na prisão, passei um bom tempo lendo a Bíblia e orando. Eu tinha confiança no meu Senhor”, contou. Bangladesh está em 31º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2021.

- Continua após a publicidade -

Com informações Portas Abertas

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -