23.9 C
Vitória
quinta-feira, 3 dezembro 2020

Após derrota por 69 a 0, Witzel vê ‘grande erro’ da Assembleia

Leia também

Atividades de comércio e serviços mais do que triplicaram, diz CNC

O comércio tradicional fica mais sujeito ao vaivém da atividade econômica e à capacidade de consumo da população

Embraer aponta retomada difícil, mas reforça otimismo

A Embraer estima que 4.420 novos jatos de até 150 assentos serão entregues pelo setor até 2029

Prorrogação da Força Nacional em penitenciária de Brasília

A Força Nacional atua na penitenciária desde 2019, pouco antes do então ministro da Justiça, Sergio Moro

Nos próximos passos do processo de impeachment, o Tribunal de Justiça será comunicado oficialmente da decisão da Alerj

Por Elisa Calmon (AE)

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), criticou o resultado da votação dessa quarta-feira, 23, na Assembleia Legislativa do Estado que determinou o prosseguimento do processo de impeachment contra ele. “Afastar um governador do mandato da forma como fazem comigo hoje é matar a democracia”, publicou o político em sua conta no Twitter nesta quinta-feira, 24. Witzel reforçou o discurso de inocência e acusou a Alerj de cometer um “grande erro”.

“Enfrento esse processo de impeachment de cabeça erguida porque nunca compactuei com a corrupção em toda a minha vida. Provarei minha inocência mesmo sofrendo um linchamento moral e político a partir da palavra, sem provas, de delatores, ou seja, de bandidos confessos”, disse o governador afastado temporariamente por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A votação terminou com um placar de 69 votos favoráveis ao prosseguimento da ação contra nenhum contrário. Segundo Witzel, a decisão da Alerj, que também deu abertura ao processo contra ele por crime de responsabilidade, foi resultado da pressão nas redes sociais.

Os órgãos de Justiça envolvidos no processo foram outro alvo das críticas de Witzel. “MP e Judiciário devem estar distantes do debate político. O MP não pode ditar políticas públicas nem decidir quem deve ou não exercer a função outorgada pelo voto popular”, disse, destacando que foi eleito com 4,6 milhões votos

Nos próximos passos do processo de impeachment, o Tribunal de Justiça será comunicado oficialmente da decisão da Alerj. Em seguida, um tribunal composto por cinco desembargadores e cinco deputados estaduais analisará a cassação do mandato. Witzel perde o cargo de forma definitiva se sete dos dez votos forem favoráveis à condenação.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Francisco Sagasti é o novo presidente interino do Peru

Ele é o terceiro a ocupar o cargo em apenas uma semana, depois que Manuel Merino renunciou, cinco dias após impeachment de Martín Vizcarra.

‘Impossível que a reação do voluntário tenha relação com a vacina’, diz Gabbardo

O secretário disse esperar da agência reguladora o restabelecimento mais rápido possível da continuidade da pesquisa

Tribunal misto aprova processo de impeachment contra Witzel

A defesa do governador argumentou que as duas ações que embasaram o suposto crime de responsabilidade de Witzel não se sustentavam

Celso de Mello arquiva pedido de impeachment contra ministros Pazuello e Azevedo

O decano apontou a falta de legitimidade da deputada federal para propor ação de improbidade administrava no caso

PGR arquiva reclamação contra Alcolumbre por travar ‘impeachment’ de ministros

"Esta circunstância, por si só, impede considerar que o noticiado está retardando ato que deveria praticar de ofício", escreveu o procurador Aldo de Campos

Witzel lançou programa para desviar repasses da Saúde aos municípios, diz PGR

A estratégia foi confirmada pelo depoimento do também empresário Edson Torres que, após a operação que afastou Witzel e prendeu 17 pessoas, procurou o Ministério Público Federal para confessar sua participação no grupo criminoso

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

Wilson Witzel é batizado em igreja evangélica

O batismo ocorreu um dia antes de Witzel protocolar sua defesa no tribunal misto, que julga o processo de impeachment dele. Saiba mais!

3 palavrinhas é indicado ao premio Gerando Salvação

Na categoria “Projeto Infantil”, o 3 palavrinhas, que é considerado o maior canal infantil gospel do mundo, concorre ao lado de Aline Barros e outras estrelas do segmento. Saiba mais!

Saiba mais sobre o cristianismo em alguns livros

No Dia do Evangélico Comunhão selecionou 10 livros para estudar e conhecer mais sobre o cristianismo. Saiba mais!

Funkeira Ludmilla no gospel?

Em live no Instagram, nesta quinta (26), a funkeira Ludmilla falou do desejo de apostar na carreira gospel e afirmou ter "recebido um chamado" para levar a palavra de Deus aos fãs. Saiba mais!