19.2 C
Vitória
terça-feira, 27 julho 2021

Gilson Bifano: apatia espiritual produz divórcio

“Ter vida de oração, leitura da Palavra de Deus e congregar é tão importante quanto passeios, viagens e lazer”

Por Marlon Max

Uma família unida é capaz de vencer até nos momentos mais difíceis da vida. Os casais que, além de unidos, depositam sua confiança em Deus, têm uma missão extra para garantir o sucesso do matrimônio: orar juntos, estudar as Escrituras Sagradas e buscar a vontade de Deus em todas as situações. É na Bíblia que encontramos um estilo de vida equilibrado e saudável para um relacionamento duradouro.

Como sabemos, muitas vezes falta tempo para estabelecer essa rotina de busca incessante por Deus. Os afazeres domésticos, as obrigações profissionais, estudos e até mesmo lazer, ocupam a maior parte do tempo da maioria das famílias, e desta forma, diversos problemas surgem devido à falta de sintonia — primeiro um com o outro e depois do casal com Deus.

Para o pastor Gilson Bifano, especialista em ministério de famílias, a vontade de Deus para o casal é que eles sejam aprovados. “Deus espera que o homem seja aprovado como um pai excelente, um marido que ama a esposa como Cristo amou a igreja e de igual modo Ele espera que a mulher seja um exemplo para os filhos e seja aprovada por Deus”, diz.

Todos já ouviram que a família é um projeto de Deus, Bifano aponta que em toda Bíblia, desde o princípio dos tempos, Deus idealizou as famílias como uma instituição divina e não secular. Mesmo assim, o pastor aponta que há venenos que podem matar famílias, como mentiras, adultério e inclusive apatia espiritual. Quando não há rotina de oração, busca por Deus em família, e compromisso com a igreja, é quando a apatia espiritual se instala na vida do casal.

Jesus
Foto: Unsplash

“Vemos que muitas esposas desejam que os maridos orem com elas, mas a apatia espiritual impede alguns homens de realizar isso. Além do mais, falta leitura da palavra de Deus, engajamento nas atividades da igreja entre outros”, ressalta Biffano alertando que esse é um veneno que mata casamentos aos poucos e por isso os casais devem vigiar atentamente.

O veneno da apatia, destaca Gilson Bifano, ocorre quando não há mais amor pela palavra de Deus ou na falta de compromisso em dedicar tempo de oração no âmbito do matrimônio. “É muito importante viajar, passear e fazer outras atividades em casal, mas isso precisa estar equilibrado com uma vida de devoção à Deus. O crescimento espiritual só ocorre quando o casal se dedica mutuamente nessa busca por Deus, através da oração e leitura da Bíblia”, explica.

Se há um veneno, então há de ter um antídoto. A forma mais efetiva de combater a apatia espiritual é resgatando uma vida equilibrada de oração e compromisso com as coisas de Deus. “Ore com sua esposa, marido. As esposas precisam disso e estão esperando de vocês essa iniciativa. Tenha momentos de comunhão com Deus, esse é um momento a três: você, sua esposa e Deus. É mediante a leitura da Palavra de Deus que somos quebrantados, e nós sabemos que a causa número um do divórcio é um coração endurecido”, alerta.

Para Bifano, “equilibrar uma vida saudável de busca a Deus é que se alcança perdão e tolerância. Desta forma sua família estará ligada ao corpo de Cristo, que é a igreja onde terão relacionamentos com outras famílias que almejam o mesmo”.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se