back to top
20.9 C
Vitória
domingo, 23 junho 2024

Ao deixar TSE, Moraes cobra regulação das redes sociais

moraes_despedida_presidência_tse
Na sua gestão, o TSE avançou no combate à desinformação nas eleições de 2022 - Foto por: Alejandro Zambrana - Secom/TSE

‘Tenho certeza que TSE está em ótimas mãos’, disse Moraes em relação à ministra Cármen Lúcia, que o sucederá na presidência

Ao discursar na sua última sessão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Alexandre de Moraes voltou a defender a regulamentação das redes sociais e deu recados para o Congresso e Executivo. “Não é possível admitirmos que haja continuidade no número massivo de desinformação, anabolizada pela inteligência artificial. Não é mais possível que toda a sociedade e demais Poderes aceitem essa continuidade sem regulamentação mínima”, afirmou.

Moraes argumentou que, na sua gestão, o TSE avançou no combate à desinformação nas eleições de 2022, na jurisprudência e nas resoluções para o pleito municipal deste ano. De acordo com ele, a Justiça Eleitoral continuará a combater “essa verdadeira lavagem cerebral feita por algoritmos não transparentes e, em alguns casos, viciados”.

“Tenho absoluta certeza que TSE está em ótimas mãos”, disse Moraes em relação à ministra Cármen Lúcia, que o sucederá na presidência do tribunal.

O ministro ainda disse que sua gestão contribuiu para um legado de “fortalecimento, garantia e permanência da democracia” e que, diante de ataques à democracia, “a população brasileira saiu vencedora” e acreditou nas urnas. “Aqui no Brasil, nós mostramos que é possível reagir a novo populismo digital extremista que pretende solapar as bases da democracia”, disse. Com informações de Agência Estado

- Continua após a publicidade -

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -