18.5 C
Vitória
quinta-feira, 9 julho, 2020

Testemunho que leva muçulmanos para Cristo

Mais lidas

Queimadas na Amazônia será proibido por quatro meses

Sob pressão de empresários e fundos de pensão internacionais, governo Bolsonaro prepara decreto com moratória para queimadas legais

Correios lançam selos em homenagem a ações de combate à pandemia

Em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), são seis selos assinados pelo artista Alan Magalhães.

Celso de Mello arquiva notícia-crime contra Augusto Heleno

Ministro do Supremo disse ser obrigado a seguir parecer da PGR. Saiba mais!

Reabertura das agências do INSS é adiada para dia 3 de agosto

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Confira!

Depois de sobreviver a um casamento abusivo, Annahita Parsan evangeliza mais de mil muçulmanos. Confira essa história!

Ninguém pensaria que uma muçulmana que estava simplesmente tentando se manter viva em um casamento abusivo no Irã um dia lideraria duas igrejas na Suécia, levaria 1.500 muçulmanos a Cristo e seria convidada a falar diante da rainha da Suécia. Esta é a história de Annahita Parsan.

De uma cultura muçulmana, quando jovem, Annahita sentia-se impotente e insignificante. Sua única esperança era que um dia pudesse encontrar um bom marido e parecia tê-lo conseguido. Mas ele morreu em um acidente. E então ela se viu presa em um segundo casamento tão violento que só desejava morrer.

Abusos

Em uma entrevista à ‘CBN News’, ela contou que durante o tempo em que sofria abusos, “não sabia de nada. Era tudo escuridão. Era uma vida muito ruim”. Essa história foi contada em seu livro, “Stranger No More” (“Não Mais Uma Estranha”).

Parsan relatou que foi espancada com uma pá e ameaçada de morte por seu então marido. Maltratada, com hematomas e cortes por todo o corpo após os episódios de violência doméstica, ela tentou se matar com pílulas, mas sobreviveu.

Sua filha Roksana se lembra que era apenas uma criança pequena, quando seu pai ameaçou cortar sua garganta. “Queríamos mais biscoitos. Corremos e dissemos para ele: ‘Mais cookies! Mais cookies!’. E ele pegou uma faca, colocou na minha garganta e disse: ‘Peça biscoitos de novo’”, ela contou.

Sobre sua mãe, Roksana disse: “Ela estava se esforçando para sobreviver por nós, para dar uma vida melhor para nós. E talvez isso fosse algo que Deus havia implantado nela para que ela tivesse algo em que se apoiar”.

Fuga e livramentos

Parsan, seu marido e seus filhos fugiram do Irã através das montanhas para a Turquia em 1984, onde ela e Roksana enfrentaram mais perigos, antes de desembarcarem em uma prisão turca. Eles chegaram à Dinamarca, onde se divorciou do marido. E ouviu o Evangelho pela primeira vez.

Então, ela se mudou para a Suécia, onde ela e seus dois filhos entraram em uma igreja, oraram, se entregaram a Jesus e decidiram: “Nós somos cristãos, a partir de agora”.

Ministério evangelístico

Annahita abraçou o ministério evangelístico e levou mais de 1.500 muçulmanos a Cristo. Ela lidera duas igrejas e treina outras comunidades para alcançar e discipular os fiéis muçulmanos.

Ex-muçulmanos famintos pelo ‘Deus que ama’ enchem sua igreja todos os domingos. Parsan acredita que isso foi predito em Jeremias, capítulo 49, versículo 39: “Mas nos últimos dias restaurarei a sorte de Elam, declara o Senhor”.

“Isso fala sobre Elam e Elam é persa”, disse Parsan, “e quando li, entendi que isso é sobre nós. É sobre toda a vida deles e é incrível. Deus disse a Jeremias naquele momento e está acontecendo agora”.

Mas a imigração muçulmana também fez da Suécia um lar de radicais perigosos, e Parsan contou que recebeu ameaças de morte e vive consciente de que pode ser assassinada. Segundo ela, a Suécia é um país livre, mas também é perigoso. Que às vezes se pergunta se será assassinada por islâmicos no país.

Quando jovem, vivendo o que parecia uma existência sem esperança no Irã, Annahita Parsan não viu nenhum plano e nenhum propósito em seu casamento abusivo, apenas violência aleatória. Mas Deus tinha um plano. “Deus me amou e Ele estava na minha vida desde o começo”, concluiu.

*Com informações de CBN News

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Show drive-in do 3 Palavrinhas esse mês; Saiba mais!

O grupo infantil 3 palavrinhas vai se apresentar na Arena Sessions, no estádio Allianz Parque, em São Paulo dia 19 de julho Atenção criançada! O...

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Plugue-se

“Cristo em você”: Como a mudança de Deus vive através de milagres

 Filme até destaca como Deus trabalha nas nações europeias seculares.

Ator TC Stallings relata como conheceu Jesus em documentário

O filme vem após TC Stallings perder sua mãe e avó neste ano. Ele dedicou o documentário à sua mãe que morreu em 15...

Tito e Gabriella e Casa Worship cantam “Máscaras”

Música já está disponível em todas as plataformas de streaming. Tito e Gabriella e Casa Worship gravaram a música ao vivo em Goiânia

“Bíblia de Estudo Swindoll”: mais compreensão e curiosidades

Além de facilitar a compreensão, a "Bíblia de Estudo Swindoll" traz curiosidades sobre o livro mais vendido do mundo