22.6 C
Vitória
sábado, 15 agosto, 2020

Judeus comemoram 70 anos do Estado de Israel

Leia também

Eleições 2020: Servidores públicos têm até amanhã (15) para se afastar de cargos

Profissionais das categorias citadas têm de pedir afastamento para poder concorrer a prefeito ou vereador

Com reação à pandemia, alta dos desembolsos do BNDES é a maior desde 2009

Na comparação dos desembolsos trimestrais com iguais períodos de anos anteriores, sempre corrigindo pela inflação, a alta de 61,6% foi a maior desde o terceiro trimestre de 2009

Números da covid-19 melhoram em SP, e secretário vê ‘luz no fim do túnel’

De acordo com Gorinchteyn, ainda é preciso acompanhar a evolução dos dados, mas os números registrados até aqui indicam uma mudança positiva para o Estado

As celebrações pelo aniversário de 70 anos do Estado de Israel começaram às 20h de terça-feira (17), após o soar de uma sirene durante um minuto.

Os judeus celebraram nesta quarta-feira (18), os 70 anos de criação do Estado de Israel na Organização das Nações Unidas (ONU). Apesar de a data histórica da fundação ter sido em 14 de maio, a festa segue o calendário judaico. Diferente do calendário gregoriano, é  baseado nos ciclos da Lua.

A comemoração da fundação do Estado de Israel é antecedida pelo Yom Hazikaron, Dia em Memória dos Soldados Caídos de Israel. As celebrações começaram às 20h de terça-feira (17), após o soar de uma sirene durante um minuto. Durante o toque, israelenses ficam de pé, em silêncio, em sinal de respeito aos mortos. A homenagem relembra os soldados que morreram no conflito árabe-israelense, em 1948, e as vítimas de terrorismo.

Estado de Israel

Especialista em histórias e conflitos envolvendo Israel e o Oriente Médio, Rafael Simões explica o papel fundamental de um brasileiro ao reconhecimento de Israel como Estado.

Graduando em Teologia, ele aponta que, por causa da perseguição aos judeus e pelo movimento sionista, havia um clamor mundial que se desse uma pátria a Israel. O argumento era evitar que “o holocausto se repetisse, uma vez que o antissemitismo não era exclusivo dos nazistas”, descreve.

Rafael Simões

“O brasileiro Oswaldo Aranha, presidente da Assembleia Geral da ONU em 1947, tinha o poder de marcar as reuniões e fez a proposta para criação de Israel. Foi ele quem anunciou a aprovação da Resolução 181 que decretava a formalização. Aranha ainda é conhecido como amigo de Israel”, explica.

Os judeus ficaram satisfeitos com a proposta, mas os palestinos não. Em 1948, logo após a declaração de independência de Israel, teve início o conflito. Conhecido pelos judeus como a Guerra da Independência; pelos palestinos como a Catástrofe (Nakba). Isso porque milhares deles tiveram de fugir ou foram expulsos de suas casas. O cessar-fogo foi em 1949.

Apesar dos conflitos que fazem parte da história e do cotidiano da região, Israel conseguiu se estabelecer como uma democracia estável. Hoje tem a economia mais desenvolvida da região, além do PIB de cerca de 318 bilhões de dólares.

 

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

2ª Jornada virtual de estudos em direito e religião

O tema da jornada virtual será Cristãos e o poder: equilíbrio possível? Evento virtual será realizado entre os dias 17 a 21 de agosto

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Plugue-se

EP Leidy Murilho acústico em todas as plataformas

O EP Acústico de Leidy Murilho pode ser conferido em todas as plataformas digitais Leidy Murilho acaba de lançar seu EP Acústico, com 3 canções....

Arianne: carreira, essência e propósito

Arianne, que tem 11 anos de carreira, ficou ainda mais conhecida no Brasil pelo projeto "Como contavam nossos pais", que resgata clássicos da música cristã 

Quarteto Gileade alcança 100 mil inscritos no Youtube

O prêmio do YouTube foi conquistado no mês de abril e, atualmente, o canal Quarteto Gileade conta com 125 mil inscritos

Em testemunho de fé, ex miss-universo, Dayana Mendoza se batiza

Dayana Mendoza revelou que encontrou em Jesus as respostas que precisava para sua vida