26.9 C
Vitória
terça-feira, 31 março, 2020

Alzira de Araújo integra Conselho de Ética do Governo do ES

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Organização das Olimpíadas faz parceria com OMS

Governo do Japão e promotores dos Jogos de Tóquio estreitam laços com a Organização Mundial da Saúde para que coronavírus não comprometa em 2021

Elenco do Barcelona vai reduzir salários em 70%

Em comunicado oficial, Messi informou que o elenco do clube reduzirão seus salários em 70% enquanto continuar o estado de alarme na Espanha

Rivaldo lança campanha para arrecadar alimentos

Rivaldo, usou sua rede social para propor um desafio aos seus amigos para ajudar as famílias que não tem o que comer na quarentena

Presidentes do Paraguai, El Salvador e Guatemala pedem a proteção de Deus

A América Latina se prepara para o Covid-19: "É claro que vamos orar!". Saiba mais! Quando o epicentro da pandemia do Covid-19 passou da China...

Alzira de Araújo tornou-se conhecida nacionalmente pela produção do espetáculo natalino “A Árvore que Canta”

A ministra de Adoração e Louvor, Alzira Maria Bittencourt de Araújo, foi escolhida para integrar o novo grupo de conselheiros do Conselho Estadual de Ética Pública do Estado do Espírito Santo. A reunião de posse foi realizada na última terça-feira (25) no Palácio Anchieta, sede do governo capixaba.

Pedagoga por formação, Alzira de Araújo dedica mesmo o seu tempo à área da música. É vice-presidente da Associação dos Músicos Batistas do Brasil (AMBB), rege o coro feminino da Igreja Batista em Mata da Praia, além de outros coros em que é convidada. Também é palestrante e ocupa um assento no Conselho-Geral da Convenção da Batista Brasileira (CBB).

Alzira tornou-se conhecida no meio evangélico pelo espetáculo “A Árvore que Canta”, apresentado na Primeira Igreja Batista em Vitória há duas décadas. Com a posse, a musicista é uma importante voz no meio evangélico no Brasil.

“Eu não sou uma pessoa da área política e nem trabalho com legislação, mas espero que a minha experiência com a área das emoções contribua com a vida dos cidadãos, para que se promova o bem-estar”, explica. “Segundo o Governador, o principal critério de escolha para integrar o conselho é possuir um caráter idôneo”, compartilha a musicista.

Sobre a expectativa da atuação que durará três anos, a palavra de Alzira é “aprendizado”. “Quero me inteirar, o máximo possível, das demandas do Governo e das necessidades da sociedade. Participar desta troca de sugestões junto ao Governo para que a população seja cada vez mais atendida e bem atendida. Estaremos lá com um olhar mais sensível a fim de auxiliar nas demandas que precisarem de um ajuste. Este é uma das funções do Conselho de Ética, ter esse olhar de equilíbrio e espero ter essa capacidade”, reforçou Alzira.

Extinto desde 2017, o Conselho de Ética tem como objetivo tomar decisões considerando o interesse público de forma íntegra, imparcial e transparente.

Em família

O Conselho de Ética foi extinto em 2017, mesmo ano em que o marido de Alzira, pastor Oliveira de Araújo, faleceu. Ele também foi membro do Conselho Estadual de Ética. Pastor emérito da Primeira Igreja Batista de Vitória (PIBV), no Espírito Santo, Pr. Oliveira exerceu importante papel no processo de reconstrução das instituições públicas do Estado no início dos anos 2000 e se dedicou intensamente à defesa de formação de novas lideranças.

Combativo nas causas sociais e bom conselheiro, conquistou o respeito e a admiração de autoridades políticas e religiosas de diferentes correntes.

A POSSE

Estiveram presentes na reunião de posse, o governador Renato Casagrande, os conselheiros Antônio Augusto Genelhu Junior, Alzira Maria Bittencourt de Araújo, Bárbara Carneiro Caniçali, Edebrande Cavalieri, José Edgar Rebouças, Rodrigo Reis Mazzei e Thiago Fabres de Carvalho e, ainda, os secretários de Estado de Governo, Tyago Hoffman, e de Controle e Transparência, Edmar Camata.

Casagrande destacou a independência do colegiado: “O Conselho é totalmente independente. Tem assuntos e situações que, de fato, podem ser legais, mas podem ser imorais. Às vezes, o governador pode ter uma dúvida e acionar o Conselho de Ética. Vocês funcionarão como um colegiado que fará a defesa dos interesses da população capixaba dentro dos princípios que norteiam os valores éticos. Agradeço a disponibilidade de colaborar com a população capixaba”, afirmou o governador.

O mandato dos nomeados vai até junho de 2022. Para a função de presidente foi escolhido o advogado Antônio Augusto Genelhu Junior, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo (OAB-ES). Já o secretário executivo do Conselho será o advogado Thiago Fabres.

O secretário de Governo, Tyago Hoffmann, afirmou que a reativação do colegiado é uma importante conquista para a população capixaba e uma demanda da sociedade.

“O Conselho de Ética é um órgão de total independência e liberdade com relação às suas deliberações. O Governo não vai interferir. E a nossa expectativa é que com a escolha dos nomes, pela conduta ilibada dos membros, seja uma gestão equilibrada, para auxiliar as decisões do Governo, primando sempre pela transparência e ética e combate a quaisquer tipos de ações indevidas, de servidores, órgãos e empresas”, disse.

Conselho Estadual de Ética Pública. Foto: Reprodução/Assessoria de Imprensa/SEG

Conheça os membros

Antônio Augusto Genelhu Jr. – advogado, atuante na área empresarial, ex-procurador do Estado, já foi juiz eleitoral e ex-presidente da OAB-ES.

Thiago Fabres – advogado, professor da Ufes, pós-graduado em criminologia e doutor em Direito.

Alzira de Araujo – pedagoga, mestre em Música (Arts of Music) pela Campbellsville University-KY,  atuou por 26 anos como ministra de Adoração e Louvor na Primeira Igreja Batista de Vitória e coordenou o espetáculo “A Árvore que Canta” por 18 anos. Atua como palestrante.

José Edgard Rebouças – professor da UFES, jornalista, professor de Ética na Comunicação e coordenador do programa de pós-graduação em Comunicação.

Edebrande Cavalieri – professor titular da Ufes aposentado, faz parte do Conselho Editorial da Revista Vitória e colunista mensal.

Bárbara Carneiro – advogada, atuante na área administrativa e subsecretária de Estado do Governo de Interlocução Institucional.

Rodrigo Mazzei – advogado, professor da Ufes em mestrado e graduação, já foi juiz eleitoral.


LEIA MAIS

Pastor ocupa vaga na Comissão de ética da Presidência

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Coronavírus: Os eventos evangélicos que já foram cancelados

Devido a pandemia que se instalou no país por conta da Covid-19, muitos eventos evangélicos foram cancelados, suspensos ou adiados. Confira!

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Gospel Challenge: o desafio do melhor clipe! Aberta votação

Projeto inédito realizado pela Sony Music, o Gospel Challenge, que vai até 24 de abril, traz vários desafios para os cantores. Público também pode escolher o melhor clipe por votação. Saiba como!

“Superação” é o 10º álbum de carreira de Damares

"Superação" é o primeiro projeto musical no formato digital de Damares. Novo álbum terá 12 faixas. E já está disponível nas plataformas de streaming

Programas on-line para mentoreamento de homens e mulheres

Ministérios vão transmitir série de lives com objetivo de fortalecer as famílias e oferecer aos pastores, líderes e cônjuges ferramentas para o cuidado intencional, discipulado e mentoreamento

Vem aí o Festival de Cinema Cristão 2020

Entre as novidades do Festival desse ano estão a abertura para a categoria de filmes para surdos e mudos. Inscrições começam dia 1º de abril e vão até 30 de junho