17.9 C
Vitória
segunda-feira, 3 agosto, 2020

Alimentação correta diminui efeitos da menopausa

Leia também

Justiça proíbe venda de livro que orienta castigo físico em crianças

A decisão é contra a circulação do livro "O que toda mãe gostaria de saber sobre disciplina bíblica", da escritora, Simone Quaresma.

Igrejas poderão contratar crédito subsidiado para pagar salários

Em maio, parlamentares ligados às igrejas evangélicas pediram apoio da área econômica do governo para conseguir acesso a empréstimos bancários. Saiba mais!

Contratações em linha com fundo de aval do BNDES já somam R$ 3,3 bi

Os empréstimos devem ser de, no mínimo, R$ 5 mil, e, no máximo, R$ 10 milhões por cliente em cada banco repassador. Saiba mais!

Ondas de calor, suor noturno, cansaço, irritabilidade, insônia, ansiedade e diminuição da atenção e memória são alguns dos incômodos da mulher entre os 45 e 55 anos, quando ela começa a deixar de produzir hormônios.

É a conhecida menopausa, um processo biológico natural no organismo feminino que pode apresentar diversos efeitos no dia a dia. Uma alimentação adequada é muito importante porque, com o fim do período fértil, o organismo fica muito frágil e os alimentos agem suprindo as necessidades. Grandes aliados nessa fase são os grãos, os cereais integrais, as frutas e as hortaliças, excelentes fontes de nutrientes que podem auxiliar no tratamento da menopausa.

O consumo de frutas e de castanha-do-pará faz toda a diferença. A vitamina C das frutas cítricas torna-se necessária para a síntese de hormônios ovarianos. Já o selênio, da castanha-do-pará, além de antioxidante, fortalece as funções cerebrais que durante a menopausa têm uma diminuição. Enfim, a ingestão de alimentos ricos em vitamina E, C e D3, zinco, cálcio, proteínas de alto valor biológico ameniza as causas decorrentes dos déficits hormonais, de estrógenos e progesterona. É importante ressaltar que a menopausa também está associada à osteoporose. Afinal, é o estrógeno o responsável pela conservação do cálcio nos ossos. Nesse caso, é importante ingerir bastante vegetais verdes e alimentos fortificados com cálcio para garantir a saúde da massa óssea.

O que acontece na diabetes

Quando se tem diabetes tipo 2, níveis elevados de glicose (açúcar) acumulam-se no sangue, o que pode levar a complicações de saúde graves. É por isso que perceber o que é a diabetes e como ela causa alterações no organismo é fundamental para evitar as suas complicações.

A diabetes tipo 2 afeta a capacidade do organismo de converter o açúcar presente no sangue em energia. Esse processo é controlado por um hormônio chamado insulina. Na diabetes tipo 2, o organismo não responde à insulina como deveria (a chamada “resistência à insulina”) e também não a produz convenientemente. Isso tem como resultado a subida anormal e progressiva dos níveis de “açúcar” no sangue (glicemia).

A grande diferença é que no caso da diabetes tipo 1 o pâncreas deixa subitamente de produzir insulina. Isso faz com que a alta do açúcar na corrente sanguínea seja súbita e muito exagerada. Além disso, sua falta absoluta dá origem à produção de substâncias tóxicas no organismo, os chamados “corpos cetônicos”, que provocam mal-estar e náuseas. Como não há qualquer produção de insulina, a única forma de tratar consiste em administrá-la.

Teste a quantidade de açúcar do sangue

Pré-diabetes é uma condição na qual o açúcar no sangue está elevado, mas não muito alto o suficiente para ser classificado como diabetes. Porém, é quase tão tóxico para o organismo como a diabetes em si.

Além do mais, cerca de 57 milhões de pessoas nos Estados Unidos têm pré-diabetes, mas não sabem disso. Exercício físico regular e um alto teor de fibras na dieta, aliados ao consumo de carboidratos saudáveis, podem manter o açúcar no sangue dentro da faixa de segurança.

Cistos nos ovários

A síndrome dos ovários policístico (SOP) é um distúrbio que interfere no processo normal de ovulação em virtude de desequilíbrio hormonal que leva à formação de cistos.

O aparecimento de cistos durante o processo de ovulação faz parte do funcionamento dos ovários, mas eles desaparecem a cada ciclo menstrual. Em portadoras da síndrome, esses cistos permanecem e modificam a estrutura ovariana, tornando o órgão até três vezes mais largo do que o tamanho normal. A disfunção pode levar à secreção de hormônios masculinos (androgênios) em excesso. A portadora ovula com menor frequência e tem ciclos, em geral, irregulares. Os fatores que levam ao desenvolvimento da síndrome não são totalmente conhecidos, mas ela tem origem genética.

Os benefícios da quinoa

Alimentos funcionais como a quinoa possuem múltiplos benefícios para a saúde e a boa forma. E ela é menos calórica do que parece, possui cerca de 330 calorias em 110g, quantidade similar ao arroz. O grão ajuda na perda de peso, pois é uma excelente fonte de fibras, que contribuem para o processo de emagrecimento. Também é rico em triptofano, aminoácido envolvido da síntese de serotonina, substância relacionada com a sensação de bem–estar, saciedade e bom humor. O alimento é aliado, ainda, no ganho de massa muscular, pois é abundante em proteínas, que têm papel fundamental na formação dos músculos. A quinoa não contém glúten e também pode ser consumida por diabéticos. Os grãos possuem ômega-3 e 6, que auxiliam na redução do colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares.

Brownie de chocolate sem glúten

Ingredientes:
• 165g de manteiga sem sal
• 400g de açúcar
• 5 ovos
• 200g de farinha de arroz
Ingredientes da calda:
• 230g de chocolate meio amargo
• 230g de chocolate ao leite
• 700g de creme de leite fresco (nata)
Modo de preparo:
Derreta o chocolate com a manteiga, sem aquecer muito. Coloque na batedeira os ovos e o açúcar. Adicione a farinha e, por último, a mistura de chocolate. Coloque para assar em uma forma com papel–manteiga a 150 graus. Se desejar, coloque nozes e pedaços de chocolate na massa.
Modo de preparo da calda:
Em uma panela, coloque todos os ingredientes e leve para derreter em fogo médio. Sirva quente sobre o brownie.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”

Terceiro bloco do projeto “ASU”, de Priscilla Alcantara

Projeto, que conta com 12 canções, traz releituras de grandes sucessos de Priscilla Alcantara 

Thalles Roberto em novo momento na carreira, agora na Sony

Em live realizada nesta sexta-feira, 31, o artista anunciou a novidade já com lançamentos: "Tenho muita vontade de voltar a focar minha carreira no Brasil", declarou

“Um evangelho de esperança”, de Walter Brueggemann

Repleto de insights importantes sobre espiritualidade e cultura, Walter Brueggemann propõe reflexões sobre a relevância da fé cristã em meio aos desafios da sociedade contemporânea.